Daily Calendar

Total de visualizações de página

Ocorreu um erro neste gadget

Wic Wac Woe

sexta-feira, 5 de março de 2010

o poder da criança que ora






Digitalização: Sandra




Nossos e-books são disponibilizados gratuitamente, com a única finalidade de oferecer leitura edificante a todos aqueles que não tem condições econômicas para comprar.
Se você é financeiramente privilegiado, então utilize nosso acervo apenas para avaliação, e, se gostar, abençoe autores, editoras e livrarias, adquirindo os livros.
Semeadores da Palavra e-books evangélicos
VENHA VISITAR-NOS E CONHECER NOSSO ACERVO DE E-BOOKS GRÁTIS!
O Poder da Criança que Ora
Stormie Omartian

Editora Mundo Cristão São Paulo
Publicado originalmente por Harvest House Publishers, Oregon, EUA.
Titulo original: The power of a praying kid
Traduzido por Valéria Delgado
Capa: Douglas Lucas
Crédito da imagem: © John Foxx / Alamy
Os textos das referências bíblicas foram extraídos da Nova Versão Internacional (NVI), da Sociedade Bíblica Brasileira.
ISBN 85-7325-399-1

1. Crianças - Vida religiosa   2. Devoções diárias   3. Oração - Literatura juvenil   

Associação Religiosa Editora Mundo Cristão
Rua Antônio Carlos Tacconi, 79, São Paulo, SP, Brasil, CEP 04810-020
Telefone: (11) 2127-4147 — Home page: www.mundocristao.com.br

Editora associada a:
  Associação de Editores Cristãos
  Câmara Brasileira do Livro
  Evangelical Christian Publishers Association
A 1a edição foi publicada em janeiro de 2006.                             Impresso no Brasil

Contracapa
          Quer conversar com Deus? Que bom! Ele também quer ouvir o que você tem a dizer!
          Adultos são tão complicados! Basta crescer um pouquinho e já querem usar palavras difíceis e se encher de pose na hora de orar. Pior ainda: acham que Deus só se preocupa com os assuntos deles. Só que não é bem assim. Deus ama as crianças e se interessa muito pelo que elas têm a dizer. Ganhou um presente maravilhoso e está feliz?
          Agradeça ao Senhor. Amanhã é dia de prova e está preocupado? Fale com Deus. Fez uma coisa errada e se arrependeu? Conte para ele, que está sempre pronto para ouvir, a qualquer momento, seja qual for o motivo. Porque oração é isso: conversar com Deus, assim como você faz com seu melhor amigo ou com seus pais. Pode confiar.
          Este livro foi feito para ajudar você a orar. Ele reúne histórias bem legais sobre crianças que falam com Deus com freqüência; que descobriram lugares especiais para conversar com o Senhor; que pediram coisas difíceis e foram atendidas; e que aprenderam o poder da oração. Junte-se a elas!
"Dos lábios das crianças e dos recém-nascidos firmaste o teu nome como fortaleza"  Salmos 8.2; nvi

Agradecimentos
          Gostaríamos de agradecer às seguintes crianças por responderem aos questionários para a elaboração deste livro: Aaron, Abby, Alex, Amanda, Andi, Austin, Ben-jamin, Carlie, Chris, Christian, Christopher, Claire, Cory, Corynna, Courtney, Danielle, Dillon, Dylan, Emily, Emma, Gage, Jason, Jessee, Jessica, Jonathan, Joshua, Helen, Kaitlyn, Kathryn, Katie, Kayla, Kaylie, Landrie, Lily, Madisen,Mandy, Michaela, McKenzie, Miranda, Miro, Nicole, Ramzi, Samantha, Savannah, Sierra, Simone, Sophia e Tucker.
          Embora alguns dos nomes anteriores não apareçam no texto, a contribuição de cada criança foi muito valiosa para a autora, a editora e o livro propriamente dito. Muito obrigada a todos vocês.


Sumário




Para todos aqueles que amam as crianças

          Querida mamãe ou papai, vovó ou vovô, titia ou titio, professor ou educador, ou seja lá quem for que te­nha o amor do Pai pela criança que lê este livro, Deus quer falar com as crianças. As crianças querem falar com Deus, e o quanto antes ensiná-las melhor. Não importa a idade da criança, ela nunca é pequena demais para aprender a orar.
          Muitos livros maravilhosos foram escritos sobre a oração, mas grande parte deles destina-se aos adultos. Por que os adultos ficam com todos os livros bons? As orações dos adul­tos são mais poderosas do que as da criança? Não necessaria­mente. Conheço muitas crianças que têm grande fé e sabem orar muito bem. Suas orações são mais poderosas do que as de um adulto que tem fé fraca e raramente conversa com Deus.
          Nenhum adulto jamais deve subestimar o potencial das orações da criança, porque o poder das orações dela é igual ao das orações do adulto. E o poder de Deus. Se a fé é a centelha que inflama esse poder, então não há limite para o brilho da chama que arderá no coração da criança nem para o que Deus poderá fazer em resposta. Que importa se quem ora é grande ou pequeno?
          As crianças tendem a ter uma fé pura, estão prontas para crer em Deus e dispostas a confiar na resposta dele para suas orações. Elas não têm as mesmas dúvidas e perguntas sobre oração que têm os adultos. As crianças podem aprender facil­mente a orar, a agradecer a Deus quando suas orações são res­pondidas e a discernir as respostas para uma oração respon­dida de forma inesperada. Elas só precisam saber que Deus é real, que ele ouve as orações delas e que ele lhes responderá.
          As crianças têm paixão. À medida que elas crescem, essa paixão aumenta. E tenha certeza de que elas usarão essa pai­xão para alguma coisa, seja para o bem ou seja para o mal. Mas você pode ajudá-las a aproveitar essa paixão e usá-la para o Senhor, ensinando-as a ter um relacionamento honesto, aberto, íntimo e apaixonado com Deus enquanto são crian­ças.
          Quanto mais cedo aprenderem, menor será a dificulda­de para manter uma vida de oração ativa quando ficarem mais velhas. Não pense que seu filho é pequeno demais para entregar a vida a Deus. O inimigo certamente não pensa que seu filho é pequeno demais para cumprir na vida dele os seus planos. E mais fácil ensinar uma criança a orar do que mais tarde remediar uma situação difícil que poderia ter sido evitada com a oração.
          Se você quer ver Deus agir de um modo especial em seu filho, ensine-o a conversar com seu Pai celestial. Este livro será útil. As crianças não podem ter um relacionamento ínti­mo com Deus a menos que aprendam a ter o hábito de co­municar-se com ele em oração. Você se surpreenderá quando seu filho começar a orar sozinho. Nada poderá aquecer mais seu coração do que ouvir dos lábios de seu filho uma oração inspirada pelo Espírito Santo.
          Deus quer que os adultos se aproximem dele como criancinhas. De modo aberto, honesto, ousado e apaixonado. Po­demos aprender muito sobre isso com as crianças, e elas podem aprender muito conosco quando vêem e ouvem nossa oração. As crianças que existem em sua vida prestam atenção no que você faz.
          Convide-as a participar de suas orações, ore com elas e por elas. As crianças rapidamente se enchem do amor de Deus e se dispõem a compartilhá-lo, por isso as incentive a orar pelos outros também. Nunca hesite em pedir a seus filhos que orem por você. Orar por você os incentiva a participar de uma vida de oração ativa e vital, faz uma oração comum parecer natural e um hábito para eles, ajuda-os a fa­zer da oração um modo de vida. Além disso, nunca sabe quan­do você poderá precisar de uma oração tão poderosa, pura e cheia de fé como a de uma criança.
          Não se esqueça de dizer a seus filhos que você sempre terá prazer em orar com eles que quiserem. Algumas vezes, você conseguirá saber mais coisas sobre eles e sobre o que está acontecendo na vida deles em um único pedido de oração e terá uma percepção que talvez não conseguisse de outra for­ma. Se você nunca orou com eles antes, peça desculpas por isso e diga a eles que pretende compensar o tempo perdido agora. Eles apreciarão suas orações, e você terá um relaciona­mento mais profundo com eles.
          Neste livro estão muitos exemplos de como uma criança orou e Deus respondeu à oração. Há inúmeras descrições, explicações e definições de oração que estão relacionadas à vida, idade e ambiente da criança. Há histórias de oração extraídas da Bíblia. Entre elas também estão exemplos de ora­ções que podem ser feitas em casos de situações específicas.
          Há também espaços reservados para que a criança possa es­crever as próprias orações. Tudo isso servirá de estímulo para que a criança ore de coração e desenvolva uma vida de oração expressiva e cheia de frutos.
          Foi orando primeiro por eles que ensinei meus filhos a orar. Eles ouviam minha oração e a repetiam. Depois, fiz com que eles orassem sozinhos. Algumas orações pequenas no início: pela ferida na pata do cachorro, por um amigo na es­cola, por um exame que tinham de fazer, pela proteção de Deus. E vimos muitas respostas para essas orações. Nunca hesitei em pedir que meus filhos orassem por mim — ou por outra pessoa — por coisas que eu sabia que poderiam entender, de acordo com a idade que tinham. Agora meus filhos estão adultos e não preciso mais pedir que orem; eles simplesmente oram. A oração é uma parte importante da vida deles.
          Lembro-me de quando meu filho tinha dez anos e eu estava com uma terrível dor de cabeça. Ele entrou em meu quarto e perguntou: "Posso orar por você, mamãe?". Ado­rei ver que ele me perguntou antes mesmo de eu ter a chance de pedir a ele. Logo depois da oração, minha dor de cabeça sumiu.
          Nunca subestime o poder da criança que ora.

1. Converso com Deus e ele me ouve


          Você sabia que pode conversar com Deus? Bom, você pode. Conversar com Deus é o mesmo que orar. Orar é comunicar-se com Deus. Deus adora quando você conversa com ele. E, seja qual for o momento ou onde você estiver, ele sem­pre está esperando ouvir algo de você.
          Deus diz que você pode se aproximar dele sempre que quiser. Não precisa ter um motivo especial, assim como não precisa ter um motivo especial para conversar com os ami­gos. Você conversa com eles simplesmente porque gosta de­les. Você também pode conversar com Deus como um amigo, e é por isso que ele é seu amigo. Deus diz que, se você o amar, ele o chamará de amigo. Você pode conversar com Deus só porque quer estar com seu amigo.

Como devo orar?
          Você pode orar em voz alta ou baixa. Isso significa que pode orar alto, de modo que todos à sua volta possam ouvi-lo; ou baixo, de modo que somente você e Deus possam ouvir. Deus ouve você até mesmo quando ora em silêncio, em pensamento, Você pode orar: "Senhor, ajude-me a me sair bem hoje" em seu pensamento e ele pode ouvir. É por isso que Deus ouve seus pensamentos.
          A Bíblia nos ensina a orar. Ela nos diz o quanto nossas orações são poderosas. Quando você lê a Bíblia, sua fé au­menta cada vez mais e você passa a ter mais facilidade para crer que Deus responderá a suas orações. Você tem Bíblia? Se não tiver, peça a alguém para comprar uma para você e que seja de fácil leitura e compreensão para crianças.

Onde posso orar?
          Você pode orar em qualquer lugar. Como você pode orar em voz alta ou baixa, ou até em silêncio, pode orar em qualquer lugar que estiver. Não importa o que esteja fazendo. Você pode orar enquanto está em pé, correndo, sentado, pulando ou deitado. Você pode orar em uma sala barulhenta repleta de pessoas, pode orar sozinho na cama, pode orar no carro durante a viagem. Você pode orar sentado, fazendo calma­mente sua lição de casa, ou quando estiver caminhando ou brincando na rua. Não importa onde você esteja ou o que esteja fazendo, Deus sempre ouve você.
          Quando você tiver vontade de expressar respeito e amor especial por Deus, pode ir a um lugar tranqüilo, ajoelhar-se e baixar a cabeça. Jesus fazia isso quando queria demonstrar respeito e amor especial por seu Pai celestial. Onde você ora com maior freqüência?

Quando posso orar?
          Você pode conversar com Deus sempre que quiser. De dia ou à noite. É como falar ao telefone, só que você não precisa digitar nenhum número. Tudo o que precisa fazer é falar com ele. Não é fácil?

Lugares onde a maioria das crianças ora
·    "No quarto" — Benjamin (9 anos)
·    "Na igreja" — Christopher (7 anos)
·    "No caminho da escola" — Kaylie (11 anos)
·    "Na cama, à noite" — Alex (11 anos)
·    "À mesa no jantar" — Cory (7 anos)
·    "No carro" — Miranda (10 anos)
·    "No banho" — Samantha (9 anos)
·    "Em qualquer lugar" — Corynna (8 anos)
·    "Em restaurantes" — Dylan (10 anos)
·    "Na escola" — Austin (10 anos)
·    "Ao lado de minha cama" — Sophia (8 anos)
·    "Em casa" — Danielle (12 anos)
·    "Em todo lugar" — Jessee (12 anos)
·    "Onde eu estiver na hora" — Landrie (10 anos)

          Você pode até chamar por Deus no meio da noite e ele estará com você. Pode subir ao topo da montanha mais alta, ou estar no meio do oceano, ou em outro país. E, ainda as­sim, Deus vai ouvi-lo chamando por ele e responderá. Você nunca ouve o sinal de ocupado, ele nunca desligará o telefone com você na linha. Como suas orações são muito importan­tes para ele, você sempre tem acesso direto ao coração de Deus.
          Deus se importa com o que está em seu coração, ele se importa com suas preocupações. Tudo o que lhe causa preo­cupação também deixa Deus preocupado. Ele deseja que você ore sempre (l Ts 5:17). Não quer dizer que você tem de orar a todo instante, significa que deve orar sempre que se lem­brar de algo que precisa de oração.
          E como dizer: "Senhor, ajude-me a me sair bem nesta prova", "Senhor, abençoe minha mãe e meu pai no trabalho hoje", "Senhor, guarde-me", "Senhor, ajude-me a dar o melhor de mim no jogo de sábado", "Senhor, faz meu amigo melhorar".
          Ore por tudo aquilo que você se lembrar.

O que Jesus disse sobre as crianças?
          As crianças são muito especiais para Deus. A Bíblia nos revela quanto Jesus as amou. Relembrando o tempo em que viveu na terra, ele não deixava que seus discípulos afas­tassem as crianças dele. Houve um momento em que muitas pessoas levavam seus filhinhos a Jesus só para que ele pudesse tocá-las. Os discípulos começaram a dizer às pessoas que não incomodassem Jesus daquela forma, mas ele viu o que estava acontecendo e não gostou do que os discípulos estavam fazendo. Ele disse: "Deixai vir a mim os pequeni­nos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus" (Mc 10:14).
          Essas são palavras muito fortes. Significa que tudo o que Deus tem ele lhe dará só porque você é uma criança. E se você convidou Jesus para morar em seu coração, então é uma de suas crianças especiais. Ter Jesus no coração não sig­nifica que o corpo dele está dentro do seu. Significa que o Espírito de Jesus está dentro de seu espírito. Quando você re­cebe Jesus, ele envia seu Espírito Santo para morar em um lugar especial em seu coração e que ele destinou para o Es­pírito dele.

Momentos em que a maioria das crianças tem vontade de orar
• Quando estou sozinho.
• Quando estou com medo.
• Quando meus pais estão magoados.
• Quando meus amigos estão passando por um momento difícil.
• Quando estou no quarto.
• Quando algo ruim acontece.
• Quando estou triste.
• Quando realmente preciso de alguma coisa.
• Quando preciso conversar com Deus.
• Quando termino de ler a Bíblia.
• Quando vou para a cama, para não ter sonhos ruins.

          Jesus também disse às pessoas e aos discípulos que os adul­tos só poderão entrar em seu Reino se eles se achegarem como crianças. Uma criança se aproxima com confiança, amor, honestidade, esperança, alegria e entusiasmo. Os adultos têm muita coisa que aprender com elas.
          Depois de dizer tudo isso, Jesus impôs as mãos sobre as crianças e as abençoou. Você acha que as crianças abriram o coração para Jesus e o receberam em sua vida naquele dia?
          Jesus quer que você abra o coração e o receba em sua vida também. Você já recebeu Jesus em seu coração? Se você nun­ca o recebeu, gostaria de fazer isso agora? Se você quiser re­cebê-lo, diga-lhe as seguintes palavras:

          Senhor Jesus, eu amo você. Eu o convido para entrar em meu coração. Peço perdão pelo que fiz de errado. Ensina-me a viver sempre de seu jeito.

          Agora escreva a data e sua idade para que você sempre se lembre de quando recebeu Jesus:

Dia:___ Mês: _____ Ano: _____ Idade: _____

          Se você já recebeu Jesus, escreva a data e a idade em que o recebeu no espaço indicado. Se não se lembrar da data, es­creva apenas a idade em que recebeu Jesus.

As crianças são importantes para Deus
          Todas as pessoas que crêem em Jesus são chamadas de "o corpo de Cristo". As crianças constituem a parte mais im­portante desse corpo, isso porque são muito puras.
          Tenho uma máquina grande em casa. Certa vez, ela que­brou e não funcionou mais. Quando o técnico chegou para consertá-la, ele disse que só precisava trocar uma pequena peça que havia quebrado. A máquina era muito grande, e a peça que estava quebrada era muito pequena, mas a má­quina não podia funcionar sem ela.
          O corpo de Cristo é como a máquina grande. As crianças são como a pequena peça. Deus diz que, embora cada peça seja importante, a menor é a mais importante. A máquina grande não funciona bem sem ela. As crianças são a parte mais importante do corpo de Cristo porque têm um coração puro e podem receber com facilidade o amor de Deus.
          Um dia, os discípulos aproximaram-se de Jesus e per­guntaram: "Quem é o maior no Reino dos céus?" (Mt 18:1). Então, Jesus chamou uma criancinha e respondeu: "Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus" (Mt 18:3). Ele disse: "Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus" (v. 4).
          Isso significa que, para ser grande no reino dos céus, a pessoa tem de se humilhar e ser pura de coração como uma criança.
          É muito importante que você saiba mais uma coisa que Jesus disse às pessoas sobre as crianças. Ele disse que os adul­tos não devem desprezar as crianças porque elas são muito importantes para Deus.

O que as crianças oram
          Querido Senhor, oro por todos os meus familiares. Oro para que eu tenha mais respeito por meus pais. Oro para que eu sempre agradeça pelo que tenho.

Deus ama a todos, principalmente as crianças
          Deus ama as crianças, a Bíblia diz. E por isso que ele sempre ouve a oração de uma criança. Na verdade, ele diz que é me­lhor os adultos terem o coração como de crianças se quise­rem que ele ouça as suas orações.
          Jesus mostrou quanto amava as crianças quando estava na terra. Ele costumava pegá-las e abraçá-las, impunha as mãos sobre elas e as abençoava. E ele ainda as ama assim agora que está no céu. Ele amará você amanhã do mesmo modo como o ama hoje; ele amará você do mesmo jeito todos os dias. Deus diz que as crianças são uma dádiva preciosa dele e que os adultos devem entendê-lo bem e não se esquecer disso.
          Jesus disse: "Quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe" (Mt 18:5; grifo da autora). Isso significa que você é tão importante para Deus, e que ele o ama tanto, que sempre que uma pessoa for boa para você é como se ela estivesse sendo boa para Deus. E isso deixa Deus feliz.
          Você pode ser pequeno, mas suas orações são importantes para Deus. E por isso que, quando você ora, coisas grandes podem acontecer.

Ore em nome de Jesus
          Jesus nos disse na Bíblia que sempre devemos orar em seu nome. Ele disse: "O que vocês pedirem em meu nome, eu farei" (Jo 14:14).
          É como bater à porta de alguém e dizer: "Conheço seu filho, e ele é meu amigão". E a pessoa dizer: "Bom, qualquer amigo do meu filho é meu amigo. Entre e me diga em que posso ajudar". Quando conversamos com Deus e dizemos: "Eu oro em nome de Jesus", é como se estivéssemos dizendo para Deus: "Conheço seu Filho, e ele é meu amigão". E como se Deus estivesse dizendo: "Se você conhece meu Filho, ve­nha e me diga o que posso fazer por você". Nossas orações devem ser feitas em nome de Jesus.

Quando você fala com Deus, ele fala com você
          Isso não quer dizer que você ouve o som da voz dele porque ele está falando para seu coração. Ele o orienta dizendo-lhe que faça isso ou aquilo, ou que não vá por aqui; mas por ali. Ou pode ajudá-lo a entender alguma coisa, ou pode dar-lhe uma idéia clara sobre o que fazer em determinada situação. Ou ele talvez esteja simplesmente dizendo quanto ama você ou fica feliz com você.
          Às vezes falamos tanto quando estamos orando que nos esquecemos de ficar em silêncio por alguns minutos para ouvir o que Deus quer nos dizer. Quando você orar, é im­portante que diga: "Senhor, me diga o que devo saber". En­tão, espere um ou dois minutos e veja se Deus falará alguma coisa a seu coração. Ele pode mostrar-lhe algumas coisas em que você não pensou antes e pelas quais ele quer que você ore.
          Certa vez, eu perdi um livro importante de que precisava e não conseguia encontrá-lo. Fiquei muito chateada porque perdi um bom tempo procurando por ele. Quando orei e pedi a Deus que me mostrasse onde o livro estava, veio-me à mente a imagem do sofá na sala de estar. Corri até lá para olhar e, como era de esperar, lá estava o livro atrás do sofá. Eu me esqueci que havia colocado o livro no encosto do sofá antes do jantar, e ele deve ter caído. Tive a certeza de que Deus falou a meu coração e revelado onde estava o livro.

Deus respondeu à minha oração
          Certa vez, eu perdi um trabalho de escola que havia feito com muito esforço. Tinha de ser entregue na manhã seguinte, por isso orei com minha mãe para que Deus me ajudasse a encontrá-lo. Deus não respondeu àquela oração no mesmo instante, mas, na manhã seguinte, quando orei mais uma vez, Deus me trouxe à mente o lugar onde eu deveria procurá-lo. Eu o encontrei no meio de outros papéis onde não era para ele estar.               Amanda (10 anos)

          Tinha um menino na Bíblia que ouvia a voz de Deus falan­do com ele, mas ele não sabia de quem era aquela voz. Seu nome era Samuel e era bem parecido com a gente. Deus sem­pre nos fala ao coração, mas nós não percebemos. Não esta­mos esperando ouvir algo de Deus, por isso não entendemos que ele está falando alguma coisa para nós.
          Deus quer falar a seu coração mais do que você imagina. Sempre que você fizer uma oração no nome de Jesus, peça a Deus para falar com você. Fique alguns minutos ouvindo, e  você aprenderá a ouvir a voz suave e calma de Deus no co­ração. Talvez você não ouça nada específico, a não ser uma sensação de paz, o que já é suficiente.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor; eu lhe agradeço por me amar e me ouvir quan­do converso com o Senhor Ajude-me a aprender a orar mais. Ajude-me a orar por tudo. Eu agradeço por suas respostas a minhas orações. Ensine-me a ouvir sua voz em meu coração e sua direção todos os dias. É em nome de Jesus que eu oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são...

A palavra de Deus para mim
E tudo que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão. Mateus 21:22

2. Oro a Deus quando estou com medo

          Você já ouviu a história de Davi e Golias? Davi era um menino judeu que se tornou rei de Israel. Golias era um gigante que fazia parte do exército dos filisteus. Os filisteus eram inimigos de Israel, e Golias era o guerreiro mais forte do exército. Ele tinha quase três metros de altura. Todos os soldados do exército de Israel tinham muito medo dele.
          Um dia, os dois exércitos se encontraram frente a fren­te. Os filisteus estavam de um lado, e Israel estava do ou­tro, e havia um vale entre eles. Golias saiu em direção ao vale e gritou para os soldados de Israel: "Escolham um homem para lutar comigo. Se ele vencer, seremos seus servos. Mas, se ele perder, vocês serão nossos servos" (1 Sm 17:8,9; grifo da autora).
          Golias queria alguém que lutasse com ele face a face, mas ninguém queria. Todos tinham muito medo dele.
          Naquele mesmo dia, Davi apareceu levando pão para três de seus irmãos que estavam no exército de Israel. Ele ouviu Golias se vangloriando. Já fazia quarenta dias que Golias desafiava os soldados de Israel dia e noite. Davi ficou furioso por esse gigante, que não conhecia Deus, desafiar os homens que conheciam Deus, por isso ele se candidatou a lutar com Golias.
          "Matei um leão e um urso sozinho", disse Davi para o líder de Israel. "O Senhor, que me livrou deles, também me livrará deste filisteu ímpio" (l Sm 17:36,37; grifo da autora).
          Davi tinha tanta fé em Deus que nem tinha medo de Golias, ele sabia que Deus iria protegê-lo. Davi decidiu não usar a armadura, como fazia o restante dos soldados, porque era muito grande e pesada para ele. Em vez disso, levou apenas sua atiradeira (uma espécie de esti­lingue) e cinco pedras lisas que encontrou em um riacho pró­ximo e desceu corajosamente o vale para enfrentar o gigante. Ao vê-lo, Golias o desrespeitou, o amaldiçoou e não o levou a sério. Ele via Davi como um simples garotinho e não queria entender que Deus estava com Davi.
          Quando Davi se aproximou de Golias, girou a atiradeira e lançou uma pedra bem na cabeça do gigante. Golias caiu no chão, Davi correu, pegou a espada de Golias e o matou.
          Quando os filisteus viram o que havia acontecido, eles fi­caram extremamente assustados. Reconheceram que, se o menor jovem do exército de Israel tinha conseguido vencer o maior e mais forte soldado de seu exército, então eles não tinham chance de sobreviver. Por isso, fugiram no mesmo instante.
          Mesmo sendo criança, Davi tinha uma grande fé em Deus. Acreditou que poderia vencer porque Deus estava do seu lado. E ele estava certo.
          Você sabia que suas orações são como a atiradeira de Davi? Ao enfrentar um gigante — como o do medo —, você pode orar para vencer o medo. Sua fé dá poder à oração. Ao orar, você pode matar os gigantes de sua vida. Você pode matar o gigante do medo. Uma vez que Deus está do seu lado, suas orações são poderosas. Quando você ora, Deus está com você e, por isso, o inimigo tem de fugir.

Todas as pessoas têm medo de alguma coisa
          Hoje as crianças têm muito medo. Sei disso porque conver­sei com muitas delas, e essas crianças com quem conversei compartilham muitos temores. Isso acontece porque há mui­tas coisas neste mundo que tememos, e as crianças sabem disso. Provavelmente não há uma única pessoa no mundo que não tenha medo de nada.

O que as crianças oram
          Querido Senhor, hoje estou procurando um versículo sobre não ter medo. Meu texto favorito é o salmo 34. Tenho medo de que um de meus familiares morra. Por favor, guarde-nos a todos onde quer que estejamos.   Miro (11 anos)

          Nem todo medo é ruim. Alguns medos podem impedi-lo de fazer algo perigoso. Se você tem medo de cair de um pe­nhasco, então o medo vai impedi-lo de chegar muito perto da beira desse penhasco. Mas, quando o medo domina sua vida e o impede de dormir, de se divertir, de se concentrar ou de fazer o que Deus quer que você faça, então esse tipo de medo é ruim, esse tipo de medo o prejudica. Você precisa orar pelas coisas que o deixam com medo.

Deus respondeu à minha oração
          Estávamos sobrevoando o oceano rumo à África, e eu não me sentia segura em viajar para outro país. Eu estava muito nervosa e orei muitas vezes a Deus para que ele nos manti­vesse com saúde e em segurança. E foi o que ele fez!      Emily (10 anos)

          Embora haja muitas coisas das quais devemos ter medo, Deus não deseja que você viva com medo. Ele quer que você lhe conte do que tem medo para que possa levar embora seu medo e substituí-lo por amor.
          Deus diz que o amor perfeito dele lança fora todo o medo. Isso significa que, onde estiver o amor de Deus, o medo não poderá permanecer. Ao orar, você está convidando a presen­ça e o amor de Deus para sua vida de um modo poderoso. A presença e o amor de Deus afugentam o medo.
          Se seu medo não desaparecer, peça a alguém para orar com você, seu pai ou sua mãe ou outro cristão adulto em quem você confia. Orar com outra pessoa é muito eficaz porque faz o medo ir embora mais rápido. E por isso que Deus diz que, onde estiverem duas ou mais pessoas reunidas em seu nome, ele estará no meio delas (Mt 18:19,20). Quando você ora com outra pessoa, ainda que seja com uma única pessoa, Deus se faz presente com poder, e a presença dele manda o medo embora.

Conte para Deus seus temores
          Deus quer levar embora todos os seus temores, é por isso que você deve orar por tudo aquilo de que você tem medo. Quando você fala para Deus do que tem medo e pede que ele o proteja, está colocando a responsabilidade nele. Você está colocando tudo aquilo que teme nas mãos de Deus.

Do que as crianças mais têm medo
• Perder o pai ou a mãe.
• Morte de outros familiares.
• Morte de um animal de estimação.
• Não ter amigos.
• Escuro.
• Passar vergonha diante das pessoas.
• Sonhos ruins e pesadelos.
• Ser morto.
• Seqüestro.
• Desastres como enchentes.

          Ainda que as coisas que você teme pareçam muito maiores do que você, Deus é ainda maior do que todas elas juntas e ele sempre virá socorrê-lo quando você o chamar. Se você estava conversando com Deus com freqüência e orando pe­las coisas de que tem medo, ele ainda virá socorrê-lo mesmo que se esqueça de orar às vezes.
          Muitas vezes, quando temos medo, é difícil dizer o que é real e o que não é. Podemos sentir muito medo de alguma coisa que, na verdade, não vai acontecer.
          Eu costumava ter medo de que houvesse um monstro de­baixo de minha cama. Tive medo disso por muitos anos até que Deus me libertou. Não havia nenhum monstro. Tam­pouco meus amigos encontraram um monstro debaixo da cama. Na verdade, nunca ouvi falar de um monstro debaixo da cama de alguém em toda a história do mundo. Passei anos com medo de algo que não existia.
          No entanto, houve coisas terríveis em minha vida que exis­tiram e aprendi a orar por elas. Quando eu morava em Los Angeles, costumava ter medo de terremotos, por isso eu ora­va todos os dias para que Deus guardasse a mim e a minha família de um deles. Muitas vezes passamos por terremotos, e eles foram assustadores, mas Deus nos protegeu todas as vezes. Por fim, parei de pensar em terremotos todos os dias. Quando oramos, Deus nos protege e leva embora o medo.

Deus respondeu à minha oração
          Uma vez eu estava sozinho em casa e fiquei apavorado. Orei a Deus para que ele me desse paz, e ele me ajudou a vencer aquele medo.     Aaron (11 anos)

          Certa vez, Jesus estava no mar com seus discípulos quando caiu uma terrível tempestade. Os discípulos tiveram muito medo de que o barco afundasse e eles morressem. Jesus dis­se-lhes que o barco não afundaria porque ele os acompanha­va no barco (Mt 8:26). Você precisa se lembrar de que, toda vez que tiver medo, poderá chamar por Jesus e ele se fará presente. Seja qual for o barco em que você estiver, Jesus es­tará com você nele, e a presença de Jesus vai guardá-lo.

Deus respondeu à minha oração
          Um rapaz que fez coisas terríveis com crianças tinha acabado de sair da prisão e se mudado para o condomínio onde minha tia morava. O condomínio dela ficava perto de uma escola. Minha mãe e eu oramos para que Deus protegesse as crianças da escola e as pessoas que moravam naquele condomínio. Uma semana depois, minha tia telefonou para minha mãe e con­tou que o rapaz havia se mudado. Louvado seja o Senhor!         Benjamin (9 anos)

Quando você tem medo à noite
          Você já teve medo sem saber ao certo o que temia? Você cos­tuma sentir medo porque assistiu a um programa na televi­são ou a um filme de terror, leu um livro horripilante ou alguém lhe contou uma história assustadora. Mas, às vezes, você sente medo e não sabe exatamente por quê.
          Certa vez, quando meu filho, Christopher, tinha quase onze anos, ele começou a ter pesadelos sem nenhum motivo. Eu não o deixava assistir a nenhum programa de televisão ou filme de terror, e nada de ruim havia acontecido com ele, por isso não tínhamos a menor idéia por que ele tinha sonhos ruins. Eu orava com ele todas as noites, mas ele ainda conti­nuava a ter pesadelos terríveis. Então, um dia, quando ele estava na escola e eu estava orando por ele, senti como se Deus estivesse me impulsionando para ir ao quarto dele e dar uma olhada em seu videogame.
          O primeiro jogo que peguei era um de ação e aventura que um de seus amigos lhe havia emprestado. A caixa pare­cia normal, mas, no verso do folheto de instruções, encontrei algumas coisas que eram terríveis e diabólicas. Eu disse: "Obrigada, Jesus, por me mostrar isso" e tirei o jogo do quar­to dele.
          Quando Christopher chegou da escola, mostrei-lhe o que eu havia encontrado. Ele disse que não havia brincado muito com o jogo nem notado o que tinha nele. Ele o devol­veu para o amigo no mesmo instante. Quando o pai chegou em casa naquela noite, nós três oramos juntos e pedimos que a presença de Deus enchesse o quarto de Christopher com a paz de Deus. Naquela noite, os pesadelos do meu filho desa­pareceram completamente.

Deus respondeu à minha oração
          Tenho muito medo em meu quarto à noite. Às vezes eu oro e ainda fico com medo. Desço as escadas para contar isso a meus pais. Meu pai e eu vamos até meu quarto, oramos a Deus, repreendemos o espírito de medo e agradecemos a Jesus por sua constante presença ali. Tudo sempre fica bem depois que oramos, e eu durmo sossegado.                  Joshua (10 anos)

          Se você ainda tiver medo em seu quarto, de dia ou à noite, ou se estiver tendo sonhos ruins, peça a sua mãe ou a seu pai ou a um cristão adulto em quem você confia para orar com você. Peça a Deus para mostrar-lhe se há alguma coisa em seu quarto que não está honrando ao Senhor. Livre-se de coisas como pôsteres, músicas, livros, revistas, jogos, fotos ou filmes que glorifiquem coisas ou pessoas que não são de Deus. Você dormirá muito melhor sem elas.
          Deus é mais poderoso do que qualquer coisa que você tema. Quando você está na presença do Senhor, não precisa ter medo de nada. A Bíblia diz: "O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei temor? O SENHOR é o meu forte refugio; de quem terei medo?" (Sl 27:1). Isso não é ma­ravilhoso?

Quando estou com medo, lembro-me do que Deus diz sobre o medo
          Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa (Is 41:10).
          Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio (2 Tm 1:7).
          Quem teme o homem cai em armadilha, mas quem confia no SENHOR está seguro (Pv 29:25).
          Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem (Sl 23:4).
          Se o Senhor é sua luz, então, ainda que você esteja no es­curo, sempre terá a luz dele em você. Se o Senhor é sua forta­leza, então, ainda que esteja diante de coisas assustadoras que pareçam mais fortes que você, elas nunca serão mais podero­sas que Deus. Ele estará sempre do seu lado.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor, ajude-me a não ter medo. As coisas das quais mais tenho medo são ________________, ____________ e ___________Por favor; proteja-me de todas elas. Mão deixe que nada de ruim aconteça. Obri­gado por ter prometido proteger-me e cuidar de mim sem­pre. Obrigado porque não me deu espírito de covardia, mas, em vez disso, me deu amor, poder e equilíbrio. É em nome de Jesus que eu oro.
Querido Senhor, as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são..._______________________________________   

A palavra de Deus para mim
          Busquei o SENHOR, e ele me respondeu; li­vrou-me de todos os meus temores. Salmos 34:4

3. Conto para Deus quando estou magoado


          Você já passou por um momento difícil em que estava magoado? Você está passando por essa experiência neste exato momento? Você já se sentiu triste e parecia que todas as pessoas a sua volta estavam passando por um mo­mento maravilhoso? Se isso está acontecendo, não pense que há algo de errado com você. Não há. Todos nós temos mo­mentos bons e ruins, momentos de felicidade e de tristeza, momentos fáceis e difíceis. A vida é assim.
          Quando você se sentir triste ou magoado, conte isso para Deus e ele levará embora a dor. Ele transformará seu modo de sentir. Não se preocupe se as outras pessoas sempre pare­cerem felizes e você não. Ninguém sabe das coisas boas e os momentos felizes que estão reservados para você. Talvez seja daqui a uma hora ou no dia seguinte. E você não sabe a tris­teza e o sofrimento que as outras pessoas terão pela frente. Todas as pessoas têm momentos difíceis e bons.
          Os momentos difíceis têm seu propósito. Primeiro, eles levam você a orar mais, encorajam você a falar com Deus e contar-lhe como se sente, para que ele possa transformar sua dor em algo bom.
          Segundo, os momentos difíceis ensinam coisas. Ensinam você a ter compaixão pelas pessoas que também estão pas­sando por momentos difíceis, ensinam você a confiar que Deus está cuidando de tudo. Ensinam você a ter paciência para esperar que o Senhor responda às orações.

Quando alguém lhe fere os sentimentos
          Algumas crianças de sua idade podem ser muito insensíveis aos sentimentos dos outros. Se os pais delas não as ensina­ram a ter consideração pelos sentimentos de outra pessoa, elas não terão. Algumas crianças são tão cruéis que dizem coisas terríveis que magoam profundamente os outros; ou­tras são briguentas, e o briguento é mesquinho e egoísta, não se importa com ninguém além de si mesmo. (Sim, até uma menina pode ser briguenta.)
          Você já viu uma criança sendo chamada por um palavrão ou nome feio? Já ouvi crianças sendo chamadas de "dragão", "gorducho", "anta", "nerde" ou "imprestável". Já ouvi nomes tão feios que não posso repeti-los. Ouvir esses nomes me ma­goa. Não consigo imaginar quanto isso deve magoar a pessoa que está sendo chamada desse modo. Contudo, eu me sinto pequena demais e com medo de intervir em defesa dessa pessoa, por isso não digo nada para defendê-la.
          Se você vir alguém sendo cruel com alguma criança, ore por quem está sendo magoada. Ore para que Deus lhe ar­ranque a dor. Ore por quem está brigando também para que Deus transforme o coração dessa pessoa para que seja piedo­sa. Vi Deus responder a essa oração muitas vezes.
          Quando uma pessoa é chamada por um palavrão, ela se lembra disso por um bom tempo. Sempre que ela se lembra, a dor retorna. Mas ela não é a única que está sendo magoada. Isso também entristece o espírito de todos que ouvem esses nomes, e entristece a pessoa que está xingando, mas ela ainda não sabe disso. Isso acontece porque a criança que xinga ou­tra e diz coisas terríveis sobre ela ou para ela está impedindo as bênçãos de Deus em sua própria vida. Deus não gosta que tratem um de seus filhos de modo cruel ou rude. Ele vê e algum dia vai cobrar isso da pessoa.
          Alguém já chamou você de algo que o deixou magoado? Eu já. Você já ficou perto de uma criança briguenta? Eu já. Você já viu um grupo de meninas ou meninos tramar algo contra outra criança e excluí-la desse grupo? Eu já. Você já viu um grupo de crianças se juntar para dizer coisas terríveis sobre outra criança e tentar fazer os outros acreditarem nis­so? Eu já. E provavelmente você também.
          Se uma dessas coisas já aconteceu com você, lembre-se de que, por mais que as crianças sejam cruéis, Deus é bom. E se você for a vítima, Deus está do seu lado. Fale de suas mágoas para Deus e peça a ele para curar-lhe os sentimentos feridos. Deixe ele arrancar a dor dessas lembranças. Peça a ele que o ajude a perdoar as pessoas que foram más com você.

O que acontece se eu não quiser perdoar essa pessoa?
          Nada é pior do que alguém nos magoar. Isso nos deixa triste e mal. Às vezes temos vontade de magoar a pessoa também para que ela sinta na pele, mas Deus diz que devemos perdo­ar aquele que nos fere. Isso não significa que você esteja di­zendo que o que ela fez foi bom ou normal, significa que você está disposto a deixar isso para lá e não se irritar mais com ela.
          É muito difícil perdoar alguém que nos feriu. Se a pessoa magoou você de propósito, saiba que Deus não gosta da­quele que magoa seus filhos. Uma pessoa que magoa os ou­tros de propósito não receberá as bênçãos que Deus tem para ela. Entretanto, quando você a perdoa, esse gesto o ajuda não só a se livrar da terrível lembrança do ocorrido mas permite que receba as bênçãos que Deus tem para você.

O que as crianças oram
          Senhor, me ajude a perdoar para que eu não fique guardan­do a raiva. Em nome de Jesus, amém.    Katie (11 anos)
         
          É possível que haja pessoas que magoem seus sentimentos por acaso. Elas feriram você, mas não tiveram intenção. Elas simplesmente não pensaram, ou só estavam pensando nelas mesmas naquele momento e não consideraram o que você poderia sentir. Isso não torna a situação menos dolorosa. Mas você pode orar por alguém assim para que ele seja mais sensí­vel às outras pessoas.
          Talvez alguém fez algo tão ruim que você tem a sensação de que nunca poderá perdoá-lo por isso, mas Deus pode ajudá-lo. Você pode orar a Deus e pedir que ele o ajude a perdoar, e ele o fará. Na verdade, é bom que você sempre busque a Deus toda vez que precisar perdoar alguém e peça a ele para ajudar você. Conte a ele o que aconteceu e por que você se sente assim. Diga a ele que você não quer guardar sentimentos ruins em seu coração. Você quer se livrar disso para viver como Deus gostaria. A medida que você orar, Deus transformará seu coração.

É doloroso perder algo caro ou de que gostamos muito
          Todos perdem algo em algum momento. Isso pode ser mui­to difícil, principalmente se o que você perdeu era muito im­portante ou valioso. Conheci muitas crianças que perderam a bicicleta ou tiveram a bicicleta roubada. Trata-se de uma grande perda, pois a bicicleta é um objeto caro, e será preciso muito dinheiro para comprar outra.
          Às vezes as coisas que perdemos não podem ser restituídas. Certa vez, perdi minha carteira. Nela estava todo o dinheiro que havia ganhado no aniversário e algumas fotos que eu adorava e que jamais pu­deram ser restituídas. Fiquei chateada durante anos.
          É doloroso perder coisas. Contudo, podemos orar para que Deus nos ajude a encontrar as coisas que perdemos ou as compense com outras. Quando oramos pelas coisas que perdemos, Deus consola nosso coração e nos ajuda a seguir em frente.

É doloroso perder alguém que amamos
          Pior do que perder coisas é perder uma pessoa. As pessoas sempre são mais preciosas do que as coisas. Perdê-las não significa que elas desapareceram ou que não podemos achá-las. Quer dizer que elas se foram de nossa vida. Foram em­bora, ou morreram. De qualquer forma, é muito doloroso perder uma pessoa importante para nós. Mas você pode bus­car a Deus quando isso acontece, e ele o consola. Você pode falar com ele sobre sua perda, e ele entende como você se sente e lhe toca o coração com o amor dele.
          Deus diz que as pessoas que choram serão consoladas (Mt 5:4). Já passei por isso.
          Quando minha melhor amiga morreu, a princípio senti uma dor insuportável. Mas, à me­dida que eu pedia para as pessoas orarem por mim, pude sentir um grande consolo da parte do Senhor. E algo especial que acontece, e é o Senhor que o faz. Por isso, não tenha medo de que alguém morra ou vá embora. Quando isso acontecer, Deus estará a seu lado para consolá-lo com um tipo especial de conforto que somente ele pode dar.


Deus respondeu à minha oração
          Orei para que minha avó se recuperasse de um pequeno derrame cerebral. Ela teve de ficar na cama e não pôde fazer nada. Eu orava duas vezes por dia e, cerca de duas semanas depois, ela já estava bem novamente.
Sierra (10 anos)

Converse com alguém sobre o que está fazendo mal para você
          De fato ajuda conversar com alguém sobre o que está fazen­do mal para você. Converse com sua mãe ou seu pai, seu avô ou sua avó, tia ou tio, o pastor da igreja ou o pastor dos jovens. Compartilhar os sentimentos com outra pessoa ajuda real­mente, e faz uma grande diferença se ela puder orar com você.
          Não se esqueça de falar sempre para Deus como você se sente. Ele já sabe de tudo isso, mas ele quer ouvir você. Ele sabe como é importante para você se livrar desses senti­mentos.

Escreva quatro coisas que o entristecem:
1.______________________________________  
2.______________________________________
3.______________________________________
4_______________________________________

          Tem alguma coisa que está entristecendo você neste exato momento? Se houver, escreva a seguir uma oração a Deus sobre isso. Se não houver nada que esteja entristecendo você, escreva uma oração dizendo para Deus como está se sentin­do e peça a ele para manter você afastado da dor, da tristeza e da perda.

          Querido Senhor eu me sinto...___________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

          Não importa quanto as coisas magoam, há sempre coisas pelas quais devemos nos alegrar e agradecer também. Algo que pode ajudá-lo quando você estiver chateado é lem­brar-se de todas as coisas que o deixam feliz.
          Liste dez coisas que o deixam feliz e o fazem agradecer, e então leia a lista novamente sempre que estiver chateado.
1_______________________________________
2_______________________________________
3_______________________________________
4_______________________________________
5_______________________________________
6_______________________________________
7_______________________________________
8_______________________________________
9_______________________________________
10. _____________________________________

Quando você perde alguém por causa de divórcio
          Você provavelmente conhece alguém que se divorciou. Tal­vez sua mãe e seu pai sejam divorciados. O divórcio é difícil para todos, principalmente para as crianças, e cria uma gran­de tristeza no coração delas. As crianças, às vezes, se culpam como se pudessem ter sido capazes de fazer alguma coisa para evitá-lo, ou às vezes pensam que, se tivessem sido bas­tante boas, talvez os pais não tivessem se divorciado. Mas nada que uma criança faça destrói um casamento. Nunca. É um problema apenas de adultos.
          Se você está chateado porque seus pais se divorciaram, ou porque alguém próximo a você se divorciou e você não pode mais vê-lo com muita freqüência, Deus quer curar seu co­ração. Conte-lhe como você se sente, e ele o tocará com seu amor e juntará os pedaços de seu coração novamente.
          Seus pais talvez não tenham se divorciado, mas talvez você esteja com medo de que isso aconteça. Se você sentir esse tipo de medo ou tristeza, busque a Deus e peça a ele para conso­lá-lo. Exponha seus sentimentos para sua mãe ou seu pai, e peça a eles que orem com você.
          Se você orou para que sua mãe e seu pai não se divorcias­sem e, mesmo assim, eles se divorciaram, não culpe a si mes­mo nem a Deus. Suas orações não podem mudar a vontade de uma pessoa. O próprio Deus diz que ele não vai contra a vontade de alguém que teima em fazer algo. Se a pessoa op­tar por fazer determinada coisa ou viver de determinado modo, não há nada que você possa fazer para mudar isso.
          Os pais de uma amiga muito querida se divorciaram. Ela teve de se mudar com a mãe, e eu nunca mais a vi. O divórcio mudou tudo para todos. O divórcio magoa, mas Deus pode curar todas as feridas.

Quando as coisas escapam ao controle
          Quando você é criança, não tem controle sobre o que os adul­tos fazem. Talvez sua mãe e seu pai discutam muito. Talvez sua família esteja se esforçando para ter dinheiro suficiente para pagar as contas; talvez seu pai ou sua mãe tenha de ficar muito tempo no trabalho; talvez uma das pessoas com quem você mora esteja muito doente. É extremamente difícil quan­do as coisas vão mal em casa. Saiba que toda família briga por algo em algum momento. Nas famílias também há mo­mentos bons e momentos difíceis, mas suas orações podem fazer grande diferença.
          Não importa com o que você está preocupado e por que está triste, saiba que Deus está com você e vê o que está acon­tecendo. Aproxime-se dele e compartilhe tudo o que está em seu coração. Peça a ele para endireitar as coisas, e ele o ajuda­rá a passar por esses momentos difíceis. Você logo será feliz novamente.
          Há muitas coisas na vida que nos magoam. Há proble­mas que temos de enfrentar, mas Deus quer que você se aproxime dele com suas mágoas e seus problemas, e ele o ajudará a encontrar a cura para eles. Lembre-se apenas de que, graças a Deus, nada está perdido em sua vida. Não im­porta quanto as coisas pareçam ruins no momento, elas vão melhorar. Deus sempre cuidará de você, e ele nunca o deixa­rá ou o desamparará, ele sempre estará a seu lado.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor, eu lhe agradeço porque sempre me ajuda quando eu estou magoado. Eu lhe agradeço porque me ama e sempre me consola. O que mais me magoou recentemente foi ___________________. Oro para que cure o lugar onde meu coração está ferido por esse motivo. Ajude-me a perdoar quem me magoou. Ajude-me a não ter tanto medo de ser ferido de novo no futuro a ponto de não confiar nas pessoas. Em nome de Jesus é que oro.
          Querido Senhor, as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são... ________________________________________________  

A palavra de Deus para mim
          ... Bem-aventurados vocês, que agora choram, pois haverão de rir.
          Lucas 6:21

4. Peço a Deus que me ajude quando tenho dificuldade para orar


          Você já teve a sensação de que orar é difícil? Seja sentiu, não fique chateado. Você não é o único. Todos lutam para orar às vezes, não importa a idade, até mesmo os adultos. Mas a boa notícia é que podemos pedir que Deus nos ajude a orar. Ele fará isso.
          Conheço uma garotinha que ficou muito triste porque o irmão mais velho estava se mudando para outro estado, por causa de um novo trabalho. Ela queria orar para que ele não fosse, pois sabia que sentiria muita falta dele, mas ela tam­bém não queria que ele ficasse sem o novo emprego. Ela não sabia como orar nessa situação, por isso, a oração tornou-se muito difícil para ela. Por fim, ela orou para que Deus a aju­dasse a orar.
          Deus mostrou-lhe que ela deveria orar simples­mente para que a vontade de Deus fosse feita na vida de seu irmão. Ela orou dizendo que, se fosse da vontade de Deus que seu irmão viajasse, que o Senhor desse paz a ela naquela situação. A resposta de Deus para sua oração foi a mudança de seu irmão, mas ela não ficou tão triste como pensou que ficaria. Deus ajudou-a a não sentir tanta falta dele.
          Deus sabia que orar às vezes poderia ser difícil, por isso prometeu que seu Espírito Santo, que habita em você, iria ajudá-lo. O Espírito Santo sabe o que você precisa melhor do que você. E, uma vez que ele sabe a coisa certa a ser feita em cada situação, sabe como ajudar você a orar.
          Você talvez esteja pensando: Por que preciso orar se Deus já sabe do que preciso? A razão é que Deus quer que você con­verse com ele, peça coisas para ele, esteja com ele, ande junto dele. Ele quer que você dependa dele e confie que ele cuidará de suas necessidades.

O que as crianças consideram mais difícil sobre a oração
• Confiar que Deus realmente está ouvindo.
• Não saber ao certo se Deus é real.
• Esperar uma resposta.
• Preocupar-se com uma possível resposta negativa de Deus.
• Não saber exatamente como orar.
• Confessar quando fez algo errado.
• Não saber se a oração será respondida.
• Encontrar um lugar tranqüilo para se concentrar.
• Conversar com alguém que não pode ver.
• Ouvir Deus no coração.
• Orar pelos inimigos.
• Não ter a resposta desejada.
• Imaginar se a oração se cumprirá.
• Reservar um tempo para orar.

Por que para as crianças às vezes orar é difícil?
          Às vezes, para as crianças orar é difícil porque elas têm a sensação de que não sabem fazê-lo, ou pensam que não sabem fazê-lo muito bem. Talvez tenham ouvido pessoas mais velhas ora­rem e pensado que precisavam orar como elas, mas Deus lhe examina o coração, não seu modo de falar. Tudo o que Deus quer é uma simples oração com sinceridade.
          Às vezes, para as crianças orar é difícil porque elas não se sentem tão importantes para merecer resposta. Talvez elas te­nham feito algo errado e se sintam culpadas, mas é por isso que Deus pede para confessarmos nossos pecados a ele. Ele quer pôr tudo em pratos limpos para que não nos sintamos culpados. O pecado nos separa de Deus, e ele não quer isso. Deus não está esperando o momento para acertar-nos com um raio se não fizermos tudo do modo que tem de ser; ele está esperando que nos aproximemos dele e confessemos nossos pecados para que ele possa endireitar tudo.
          Às vezes, para as crianças orar é difícil porque elas vêem Deus como alguém muito distante. Elas acreditam que as orações têm de fazer um longo trajeto para chegar a Deus, mas isso não é verdade, pois Deus está perto. O Espírito dele habita em nós. Ele diz que, quando nos aproximamos dele, ele se aproxima de nós. Nós é que devemos dar o primeiro passo.
          Às vezes, para as crianças orar é difícil porque a oração leva muito tempo. Elas acreditam que, se não passarem tempo su­ficiente em oração, suas orações não terão efeito, mas isso não é verdade. Deus ouve até a oração mais simples. E verda­de que, quanto mais tempo passamos em oração, por mais coisas podemos orar e mais respostas veremos. Mas Deus ouve cada palavra que você diz. Cada oração é importante, não interessa se foi feita em pouco tempo.
          Às vezes, para as crianças, orar é difícil porque elas não sa­bem ao certo se estão orando pela causa certa. Mas você não precisa se preocupar com isso. Não há como fazer uma ora­ção errada. Orar é expressar o coração a Deus. Você só preci­sa ser honesto com ele em relação ao que está em seu coração. Ainda que você orasse de um modo não condizente com a vontade de Deus, não significa que algo de errado acontece­ria. Isso é impossível, pois a vontade de Deus é que você ore. Você não precisa se preocupar se é da vontade de Deus res­ponder de acordo com o que você pediu. Suas orações não vão obrigar Deus a fazer algo que ele não queira.
          Deus nunca diz: "Opa! O que foi que fiz? Como deixei isso acontecer? O que faço agora?". Ele nunca permitirá que algo pelo qual você orou seja respondido de um modo que não esteja de acordo com a vontade dele. Por isso, não se preocupe.
          Às vezes, para as crianças orar é difícil porque elas se sentem muito pequenas e as coisas pelas quais estão orando parecem muito grandes. E comum as crianças se sentirem assim. Mas não im­porta o tamanho de seu problema, Deus é sempre maior, e é só isso que importa. Não faz nenhuma diferença se você é pe­queno ou se se sente pequeno às vezes. Deus é grande e nada é difícil demais para ele, ele é grande e nada lhe é impossível.

O que as crianças oram
          Senhor, peço força e coragem para ser eu mesma e não me importar com o que as outras pessoas pensam.             Savannah (11 anos)

Lembre-se de quem Deus é realmente
          Quando você ora, ajuda a pensar em quem Deus é. Nin­guém viu Deus, mas você pode imaginar quem ele é. Quanto mais você conhece Deus, mais fácil é confiar nele quando ora.  Por exemplo, se você pensar em Deus como alguém dis­tante e frio, será mais difícil orar. Se você pensar nele como alguém próximo e amoroso, será mais fácil orar.
          Se você pensar em Deus como alguém sempre descon­tente com você, será mais difícil orar. Se você pensar nele como o Deus amoroso que ele é, será mais fácil orar.
          Se você pensar em Deus como um ser fraco, que nunca está a seu lado, será mais difícil orar. Se você pensar nele como um ser forte, que sempre está a seu lado, será mais fácil orar.
          Se você pensar em Deus como alguém ocupado demais para ouvi-lo, será mais difícil orar. Se você pensar nele como alguém com todo o tempo do mundo para ouvi-lo, será mais fácil orar.
          Se você pensar em Deus como alguém sempre furioso e carrancudo, será mais difícil orar. Se você pensar nele como alguém pronto a perdoar e meigo, será mais fácil orar.
          Se você pensar em Deus como alguém fraco e impotente, será mais difícil orar. Se você pensar nele como alguém forte e poderoso, será mais fácil orar.

Como a maioria das crianças imagina Deus quando oram
• Como um amigo.
• Como meu Pai celestial.
• Como alguém sempre a meu lado.
• Como meu Senhor e Salvador.
• Como um Deus que responde a minhas orações.
• Como o Rei do mundo
• Como o Criador de todas as coisas.
         
          Quanto mais você souber sobre Deus, mais fácil será orar. Não se esqueça de ler a Bíblia para descobrir mais coisas sobre ele. Toda vez que você sentir dificuldade para orar, fale para Deus. Diga a ele o que parece difícil. Ele entende como você se sente, e seu Espírito Santo vai ajudá-lo.

Minha oração a Deus
          Querido Deus, me ajude a aprender a orar. Ajude-me a che­gar ao ponto em que orar seja tão fácil para mim como con­versar com meu melhor amigo. Ajude-me a conhecê-lo melhor para que eu entenda quem realmente é. Ajude-me a lembrar de que nada é difícil demais para o senhor que nada lhe é impossível. Fortaleça minha fé para crer que sempre ouvirá minhas orações e responderá de seu modo e em seu tempo. Em nome de Jesus é que oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são...________________________________________  

A palavra de Deus para mim
          Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontra­rão; batam, e a porta lhes será aberta.     Mateus 7:7

5. Oro a Deus por meus amigos e familiares


          Os amigos são muito importantes. Na verdade, é pro­vável que sejam uma das coisas mais importantes na vida. Eles o influenciam em seu modo de pensar e em suas decisões. A Bíblia diz: "O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a per­der-se" (Pv 12:26). Você não quer se perder, quer?
          Mas como escolher os amigos? Você não pode simples­mente abordar uma pessoa e dizer que ela tem de ser sua amiga. Ela é que tem de escolher. Cabe a você escolher se será amigo daquela pessoa ou não, mas você também pode optar por não ser amigo dela. Se essa pessoa não tiver Deus, você pode optar por não ser amigo dela.
          Por isso é tão importante orar pelos amigos. Primeiro, ore para que seus amigos sejam bons e cristãos. Uma pessoa cristã é alguém que ama a Deus e respeita as leis divinas. Os que não têm Deus não fazem isso.
          Em seguida, ore para que Deus abençoe as amizades que você tem neste momento. Peça a ele para mostrar-lhe se al­gum de seus amigos não é uma boa influência para você. A Bíblia diz: "Duas pessoas andarão juntas se não estiverem de acordo?" (Am 3:3).
          Isso significa que você e seu amigo têm de estar de acordo sobre o que é certo e errado. Se você con­corda em fazer algo que sabe ser errado só porque seu amigo faz, ou se você não sabe ao certo se isso é errado, mas tem a impressão de que é, então você e seu amigo não sabem o que é certo. Se levar adiante essa amizade, você pode acabar fazendo coisas erradas e ter problemas. Fale com Deus sobre esse ami­go. Converse com seus pais também, eles poderão ajudá-lo.
          Você e seu amigo também precisam estar de acordo sobre quem é Deus. Seus melhores amigos devem ser pessoas que crêem em Jesus. Isso não significa que você não poderá ter um amigo não-cristão. Simplesmente significa que seus amigos mais próximos devem ser cristãos. O problema é que, se você andar com alguém que não concorda com sua postu­ra de amar a Deus e querer viver do modo de Deus, então um de vocês terá de mudar. Não será você que vai querer isso.

Deus respondeu a minha oração
          Houve uma época em que eu não me entrosava porque era nova no local. No dia anterior ao Dia dos Namorados, orei: "Senhor, ajude-me a fazer amizades sólidas". No dia seguinte, fiz algumas amizades incríveis. Foi, sinceramente, uma res­posta de oração.          Courtney (11 anos)
         
          Se você acabou de mudar de casa ou de escola, ore para que Deus traga amigos bons e cristãos para sua vida. Ele quer fazer isso por você mais do que você deseja para si mesmo.
          Às vezes não é fácil evitar certas pessoas. Se há uma pessoa problemática em sua vida, peça a Deus para transformar essa pessoa ou tirá-la de sua vida. Quando você orar dessa forma, algo mudará. Ou essa amizade desaparecerá, ou o amigo irá embora, ou você irá embora, ou o amigo se interessará por outros amigos, ou você conseguirá ter uma conversa com ele sobre a amizade e poderá compartilhar as coisas que o abor­recem. Seja o que for, orar por seus amigos é importante.

Quando você tem problemas com amigos
          Quando você encontrar bons amigos, agradeça a Deus por eles todos os dias. Não se esqueça do quanto eles são precio­sos para você. Ore por todos eles, peça a Deus para proteger a amizade com aquela pessoa, para que nada venha a prejudicá-la ou rompê-la.
          Toda amizade passa por momentos difíceis. Os amigos fi­cam zangados uns com os outros ou se magoam sem querer. Mas os bons amigos podem ultrapassar essas coisas e apren­der a perdoar um ao outro. A Bíblia diz: "O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade" (Pv 17:17). Parece difícil fazer isso, mas não significa que você não possa discordar de seu amigo ou ter uma discussão. Você pode amar alguém mesmo que discorde dela.
          Às vezes um amigo errado não significa que ele não seja uma boa pessoa. Pode simplesmente significar que vocês dois não fazem bem um para o outro.   Minha filha Amanda tinha uma amiga que sempre parecia criticá-la, o que a fazia sen­tir-se mal em relação a si mesma e a vida da amiga. Ela sem­pre ficava triste depois de estar com ela. A amiga era uma boa menina, e acho que ela pensava ajudar ao ser tão crítica, mas isso causava o efeito oposto em minha filha. Ela se de­primia e se sentia mal.
          Amanda e eu oramos para que, se esta não fosse uma ami­zade saudável, cada uma delas encontrasse uma nova amiga. E foi o que aconteceu. Depois disso, minha filha ficou mui­to mais feliz com a nova amiga. Se você tiver um amigo que sempre faz você se sentir mal com relação a si mesmo e à sua vida, peça a Deus para lhe dar um novo amigo. Os amigos devem edificar e não destruir uns aos outros.
          Confie em seus pais sempre que disserem estar preocu­pados com um de seus amigos. Deus dá aos pais um dom especial de entender e discernir coisas desse tipo para que possam protegê-lo. Ouça com atenção o que eles dizem. Se você não concordar com seus pais sobre determinado amigo, ore para que você e seus pais possam ver a verdade e entrar em acordo. Deus vai mostrar-lhe quem está errado e quem está certo. Admita quando seus pais estiverem certos. Talvez você não perceba quanto os amigos errados podem prejudi­cá-lo, mas seus pais percebem.

Deus respondeu à minha oração
          Quando eu estava na quinta série, tive muitas brigas com duas garotas de minha sala. Foi o ano mais difícil para mim. Fiquei aliviada com a chegada das férias escolares. Ao vol­tar para cursar a sexta série, orei ao Senhor o tempo todo para que ele transformasse o coração dessas garotas. Ago­ra elas são minhas melhores amigas.          Nicole (12 anos)

Ore por sua família
          Um dos mandamentos de Deus diz que você deve honrar pai e mãe (Ex 20:12). Esse é o primeiro mandamento com promessa. A promessa é que, se você os honrar, será prós­pero em tudo e viverá por muito tempo.
          Uma das formas de honrar sua mãe e seu pai é quando você lhes obedece. Você não pode dizer: "Não me interessa o que meus pais querem. Vou fazer o que eu quero". Se fizer isso, as coisas não darão certo em sua vida.
          Contudo, é prová­vel que você já tenha aprendido essa lição. Você sempre se sentirá melhor em relação à vida e a si mesmo quando obe­decer a seus pais.
Outra forma de honrar seu pai e sua mãe é quando ora por eles. Peça a Deus para abençoá-los e protegê-los. Peça a Deus para guardá-los com saúde e ajudá-los no trabalho. Ore para que o relacionamento de Deus com eles seja bom. Peça a Deus para que sua família viva em constante oração. Ore para que seus pais orem com você e por você.

Deus respondeu a minha oração
          Orei quando meu pai quebrou a costela. Venho orando há qua­se um mês, e agora a costela dele não dói tanto.            Austin (10 anos)

          Ore também pelos outros familiares. Você talvez não perce­ba agora, mas cada familiar é precioso. Os irmãos e as irmãs são, sobretudo, preciosos. Não há nada mais próximo do que os irmãos, principalmente quando você fica mais velho. Quanto mais velho você for, mais preciosos eles serão para você.
          Por isso, ore por eles agora. Ore para que Deus os guar­de em segurança e para que nada de ruim lhes aconteça. Ore para que vocês sempre sejam apegados. Peça a Deus para ajudar cada um de vocês a não ser egoísta um com o outro. Peça a ele para lhes serem humilde e capaz de colocar o outro em primeiro lugar.

Deus respondeu a minha oração
          Certa vez, orei pelo relacionamento entre mim e minha irmã e, no dia seguinte nós não brigamos e agimos com educação. Geralmente não é isso o que acontece. Orei para que Stormie escrevesse um livro para crianças sobre oração, e aí está ele.                   Kayla (10 anos)
         
          Deus diz que quem for pacificador será bem-aventurado (Mt 5:9). Você sabia que pode ser um pacificador em sua família? Para começar, ore por todos os familiares e peça a Deus para dar paz ao coração de cada um deles. Ore para que todos os membros de sua família vivam bem com todos os outros familiares.             Ore para que cada um de vocês possa dizer coisas boas e edificar uns aos outros e não ser críticos. Se você tiver padrasto ou madrasta, irmão ou irmã adoti­vo, não se esqueça de orar por eles também. Você pode ser um pacificador muito importante na família ao orar por to­dos os familiares.

Deus respondeu a minha oração
          Certa vez, minha mãe e eu oramos por minha mãe biológi­ca. Oramos para que recebêssemos uma carta dela. No dia seguinte, recebemos a carta.    Helen (9 anos)

Ore pelas pessoas que precisam de ajuda
          Você já viu pessoas que estão sofrendo? Ou que estão em difi­culdades? Ou que parecem perdidas? Ou que estão doentes?
          Ou que estão prestes a cometer um erro que pode prejudicar a elas ou a outras pessoas? Você já sentiu vontade de ajudar alguém, mas não sabe como? Você não sabe o que fazer ou dizer? Bem, há uma coisa que você pode fazer pelos outros que é sempre certo e bom, e que sempre abençoará essa pes­soa.
          Você pode orar por ela. Orar por alguém é uma das coi­sas mais bonitas que você pode fazer. E, se você for realmente corajoso, pergunte a ela se você pode orar por ela neste exato momento. Isso fará com que ela se sinta amada, pois sentirá o amor de Deus em suas orações.

Oro por meus professores
          Os professores são parte importante da vida, por isso é im­portante que você ore por eles também. Quem eles são e a eficácia com que eles o ensinam afetará sua vida nos anos que virão. Ore para que Deus lhe dê bons professores e peça a ele para ajudá-los a ensinar-lhe aquilo de que você precisa saber.
          Peça a Deus para dar-lhe graça com seus professores e ajudá-lo a ter bom relacionamento com cada um deles. Isso não significa que você está pedindo a Deus para ser o aluno preferido de seu professor. Significa que você está pedindo a Deus para ser uma bênção para seu professor.

Situações em que a maioria das crianças ora pelos outros
• Quando precisam de ajuda.
• Quando os magoam.
• Quando estão passando por momentos difíceis.
• Quando estão necessitados.
• Quando lhe pedem para orar.
• Quando estão tendo um dia ruim.
• Quando não crêem em Deus.
• Quando acham que precisam de oração.
• Quando estão feridos ou doentes.
• Quando estão tristes ou amedrontados.
• Quando o Espírito Santo traz uma pessoa à mente.

Estenda a mão e toque em alguém
          Você sabia que pode estender a mão e tocar em alguém do outro lado do mundo simplesmente com a oração? E nem precisa sair de seu quarto. Suas orações não só afetam você, mas também a pessoa pela qual ora. Afetam até as pessoas que você não conhece. Ao orar pelos outros, você está pedin­do que Deus faça parte da vida deles e opere poderosamente na situação em que estão passando. Você pode orar por pessoas de outro país ou de outra cidade, ou por pessoas sobre quem você ouviu no noticiário que precisam de oração, e isso afe­tará a vida dessas pessoas.
          Deus quer que oremos por outras pessoas. Isso se chama intercessão. O intercessor é a pessoa que se preocupa tanto com as outras pessoas que ora por elas. Deus nos recompensa por orarmos por outras pessoas. Quando oramos por outras pessoas, não só elas são abençoadas, mas Deus também nos abençoa.

Deus respondeu a minha oração
          Quando minha vovó teve um terrível linfoma, orei para que ela não morresse com dor. Todos estávamos dormindo perto dela quando Deus a levou em paz.                       Sophia (8 anos)

Plantando sementes com suas orações
          Você já plantou uma semente e a viu crescer e se transfor­mar? Ela talvez tenha se transformado em algo grande e for­te, ou algo pequeno e delicado. Pode ser um alimento; uma flor bela aos olhos ou uma árvore gigante que dá sombra no verão e lenha no inverno. A oração também é assim. É como uma semente que plantamos no coração de Deus. Então, Deus a rega e a alimenta. E ela cresce e se transforma em algo grande ou pequeno; belo ou simples. Algo que abençoa a nós e aos outros. E divertido plantar coisas em oração e ver o que Deus fará crescer.
          Certa vez, conheci duas irmãs que não se entendiam. Elas brigavam muito e depois paravam de se falar. Comecei a orar para que elas parassem de brigar e se tornassem amigas no­vamente. Todos os dias, eu plantava as sementes da paz de Deus em oração. Eu dizia: "Senhor, por favor, que sua paz rei­ne no coração dessas meninas para que elas tenham pensa­mentos e sentimentos de paz uma com a outra". Um dia, elas simplesmente se cansaram de ficar sem se falar, pediram des­culpas e voltaram a ser amigas. Minhas orações foram se­mentes que Deus transformou em algo importante.
          Grandes coisas acontecem quando as crianças oram, prin­cipalmente por seus amigos, familiares ou outras pessoas. Peça a Deus para tomar conta de todos os seus relacionamentos. Peça a ele para ajudá-lo a plantar sementes de paz e amor nas outras pessoas.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor oro para que eu sempre tenha amigos bons e cristãos. Mostre-me se tenho alguma amizade que não o glorifica. Se eu tiver uma amizade que não seja saudável, oro para que traga um amigo melhor para minha vida.     Hoje, oro por meus amigos e, principalmente, por _______________e _______________. Ajude-me a ser um bom amigo para eles. Oro por todos os meus familiares também, princi­palmente por ____________________, _____________________ e  _______________________. Abençoe meus professores, meu pastor e as pessoas de todos os lugares que precisam conhecê-lo e que preci­sam de seu auxílio. Quero principalmente orar por _________________. Abençoe todos eles, Senhor. É em nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor; as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são.... .______________________________________.

A palavra de Deus para mim
          Levem os fardos pesados uns dos outros e, as­sim, cumpram a lei de Cristo.  Gálatas 6:2

6. Peço a Deus que me ajude a fazer a coisa certa

          Parece impossível sempre fazer a coisa certa? Para mim, parece. A única maneira de fazer a coisa certa é com o auxílio de Deus. Eis aí uma coisa pela qual você pode orar. Sou adulta e ainda oro por isso.
          Veja na página seguinte algumas coisas que as crianças têm dificuldade de realizar. Você tem dificuldade para fa­zer alguma delas? Se puder pensar em algumas coisas para acrescentar à lista, escreva-as nas duas últimas linhas. Não precisa ter vergonha. Todos podem pensar em alguma coisa que têm dificuldade para fazer corretamente.
          A maioria das crianças sabe o que deve fazer, mas, às ve­zes, elas têm dificuldade para fazê-lo. A boa notícia é que você pode pedir a Deus para ajudá-lo com as coisas difí­ceis. Por exemplo, você pode pedir a ele que o ajude a ser obediente a seus pais. Peça a ele para ajudá-lo a se lembrar de arrumar a cama, tirar o lixo, ajudar a lavar a louça ou des­ligar a televisão e terminar a lição de casa. Peça a ele para ajudá-lo a obedecer a seus professores, às regras, à lei e a ele. Todos nós podemos ter problemas quando pensamos que sabemos o que fazer e deixamos de pedir a Deus que nos mostre se estamos fazendo de fato.        
          Lembre-se de que as leis de Deus são para seu bem. Elas não existem para deixá-lo infeliz ou arruinar sua vida, exis­tem para ajudá-lo. É por isso que, quando você vive de acor­do com as leis de Deus, a vida dá certo. Quando você não vive de acordo com as leis de Deus, tudo sai errado. Nada vai bem. Por mais que Deus nos ame, não sentiremos a intensi­dade de seu amor e de sua presença se não estivermos obede­cendo a ele.

O que a maioria das crianças é, erroneamente tentada a fazer
• Mentir.
• Desobedecer a meus pais.
• Fofocar.
• Ser egoísta com minhas coisas.
• Ser ruim para meu irmão.
• Ir de bicicleta além do que foi permitido.
• Nadar sem um adulto por perto.
• Provocar minha irmã pequena.
• Não tomar minhas vitaminas.
• Assistir a programas de televisão censurados.
•Jogar muito videogame.
• Ficar acordado até tarde.
• Conversar e desenhar na aula.
• Não fazer a lição de casa.
• Pôr animais dentro de casa.
• Tirar as coisas de meu irmão.
• Usar as jóias de minha mãe.
• Comer o que não faz bem.

          Você sabia que, sempre que obedece às leis divinas, Deus tem bênçãos para você por causa de sua obediência? E ver­dade. E quando você não obedece, não recebe essas recom­pensas. Veja adiante algumas das recompensas por obedecer a Deus. Quais são as mais importantes para você?

Sete boas razões para obedecer a Deus

          1.  Quando você obedece a Deus, ele ouve e responde a suas orações. A Bíblia diz: "Se eu acalentasse o pecado no coração, o SENHOR não me ouviria" (Sl 66:18). Deus não ouvirá nossas orações se pensarmos em fazer algo errado e, conseqüentemente, o fizermos. Fazer algo er­rado é uma atitude que sempre começa, primeiro, no pensamento. Se apenas pensando em fazer algo errado pode colocá-lo em confusão, então deve contar isso a Deus no instante em que perceber estar pensando. Diga: "Senhor, estou pensando em assistir a este programa de televisão que minha mãe disse para eu não assistir. Aju­de-me a parar de pensar nisso e me dê força para não fazer isso". Deus gosta quando você ora assim e de­pende dele para ajudá-lo. Ore: "Senhor, ajude-me a obedecer-lhe para que eu possa sempre ter resposta para minhas orações".
         
          2.  Quando você obedece a Deus, tem amizade com Deus. Je­sus disse: "Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno" (Jo 15:14). Uma das maneiras pelas quais Deus vê se você é amigo dele é quando obedece a ele. Obedecer a seus pais é o mesmo que obedecer a Deus, pois um dos mandamentos de Deus diz que você deve obedecer a seus pais. Ore: "Senhor, ajude-me a obedecer a suas leis para que possa sempre ser seu amigo chegado. Ajude-me a obedecer a meus pais também".

          3.  Quando obedecer a Deus, você se sentirá seguro e protegi­do. Deus diz na Bíblia: "Pratiquem os meus decretos e obedeçam às minhas ordenanças, e vocês viverão com segurança na terra" (Lv 25:18). Os "decretos" e "orde­nanças" de Deus são suas leis e seus mandamentos. Ele promete que, se você obedecer às leis dele, ele o guar­dará como um grande guarda-chuva que o protege da chuva. Quando o guarda-chuva de Deus está sobre você para guardá-lo, isso o mantém protegido das coisas ruins que podem cair sobre sua vida. Ore: "Senhor, ajude-me a obedecer-lhe para que eu sempre seja pro­tegido".

          4.  Quando você obedece a Deus, é mais feliz. A Bíblia diz: "... como é feliz quem obedece à lei" (Pv 29:18). Há alguma coisa que faz você se sentir bem consigo mes­mo quando faz a coisa certa. Quando faz a coisa errada, se sente culpado e mal. A vida é muito mais divertida quando você se sente feliz. Ore: "Senhor, ajude-me a obedecer-lhe para que eu me sinta feliz e bem com re­lação à minha vida".

          5.  Quando você obedece a Deus, Ele o abençoa. Jesus disse: "... antes, felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e lhe obedecem" (Lc 11:28). As bênçãos de Deus vêm em todas as formas e tamanhos. Ele pode abençoá-lo com saúde de ferro, com momentos divertidos, com amigos, com o carinho das pessoas, com coisas boas, com sentimentos de alegria ou com sucesso. Todos
querem ter as bênçãos de Deus porque isso nos faz sentir bem. Deus nos abençoa todos os dias, mas, quando nós lhe obedecemos, ele nos dá bênçãos especiais que, de outra forma, não teríamos. Ore: "Senhor, ajude-me a obedecer-lhe para que eu possa receber todas as bên­çãos que tem para mim".

          6.  Quando você obedece a Deus, ele demonstra seu amor por você das maneiras mais incríveis. Jesus disse: "Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele" (Jo 14:21). Deus sempre o ama, não importa o que você faça. Nada vai fazê-lo deixar de amar você. Mas, se você lhe obedecer, ele demonstrará seu amor de uma forma incrível, que de outra forma você não teria presenciado. Ore: "Se­nhor, ajude-me a obedecer-lhe para que eu possa sen­tir seu amor cada vez mais".

          7.  Quando obedecer a Deus, você terá uma vida longa. A Bíblia diz: "Meu filho, não se esqueça da minha lei, mas guarde no coração os meus mandamentos, pois eles prolongarão a sua vida por muitos anos e lhe darão pros­peridade e paz" (Pv 3:1,2). Há muitas pessoas que abreviaram a vida porque não obedeceram a Deus ou aos pais. Elas foram adiante, fizeram algo que sabiam que não deveriam fazer e pagaram um preço muito alto. Você pode evitar isso se pedir sempre a Deus para ajudá-lo a obedecer-lhe. Ore: "Senhor, aju­de-me a sempre obedecer-lhe para que eu possa ter uma vida boa e longa".

O que as crianças oram
          Querido Senhor, ajude-me a obedecer a meus pais e ao Senhor. Detesto quando me meto em confusão. Não sei por que faço essas coisas. Por favor; faz-me lembrar delas para que eu pense nas conseqüências antes de acontecerem.             Jason (12 anos)

Deus é como um pai, só que santo
          Deus é como sua mãe ou seu pai. Ele é seu Pai celestial, e faz todas as coisas que uma mãe ou um pai amorosos fariam e ainda mais. Não importa se você faz algo bom ou ruim, eles serão sempre seus pais, eles o amam. Talvez eles tenham de discipliná-lo, mas fazem isso porque o amam.
          Deus é igual. Quando você faz algo errado, ele ainda é seu Pai celestial e não o ama menos por isso. Você pode sempre recorrer a ele e confessar o que fez de errado, e ele o perdoará.

O que as crianças oram
          Querido Senhor, obrigada por tudo o que fez por mim e por minha família. Por favor, perdoe-me por todos os peca­dos que cometi. E, por favor, ajude-me a melhorar mi­nhas atitudes. Amém.    Landrie (10 anos)
         
          Mesmo se você não tiver sua mãe ou seu pai por perto, ainda pode sentir o amor deles. O mesmo acontece com Deus. Ain­da que você não possa vê-lo nem ouvi-lo, ainda pode sentir o amor dele. O que é diferente em relação a sua mãe ou seu pai é que eles são seres humanos, o que significa que não são perfeitos. As vezes, eles cometem erros. Deus é perfeito, nunca comete erros.

O que as crianças oram
          Senhor; ajude-me a permanecer pura, seguir sua direção, resistir à tentação e temê-lo.                                 Kathryn (11 anos)

Todos cometem erros
          Lembre-se de que é importante, ao cometer um erro, con­fessar isso a Deus no mesmo instante. Ele entende quando você comete um erro e perdoa no mesmo instante. Confessar primeiro a Deus faz que seja mais fácil confessar à outra pes­soa, quando necessário.
Só para ter certeza de que você não cometerá erros com muita freqüência, pode orar a Deus e pedir a ele que lhe mostre se você está fazendo algo errado sem perceber. Diga: "Senhor, mostre-me se estou fazendo algo errado que eu não esteja vendo". Ele fará isso. E melhor que ele lhe mostre ago­ra, antes que outra pessoa o descubra.

O que as crianças oram
          Querido Deus, por favor, afaste a tentação de andar longe do Senhor
          Chris (12 anos)

Fazendo coisas que não queremos fazer
          Todos nós temos de fazer coisas que não queremos fazer. Não podemos ter sucesso na vida se não estivermos dispostos a fa­zer as coisas de que não gostamos. Até o melhor emprego tem coisas que não gostamos de fazer.
          Quando você seguir adiante e fizer as coisas que não deseja, mas que precisa fazer, gostará mais das coisas que tem vontade de fazer. Por exem­plo, talvez parte de sua obediência a seus pais consista em fazer seu dever de casa ou trabalho da escola antes de partici­par do jogo que você quer ou se divertir com seus amigos. Você talvez não queira fazer essas coisas, mas, se as fizer neste exato momento sem se queixar, terá mais chances de apro­veitar plenamente as coisas que quer fazer.
          Quando você tiver de fazer algo que realmente não está com vontade, peça a Deus para ajudá-lo. Ele o fará e o ajudará a terminar seu dever para que possa fazer logo o que desejar.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor, ajude-me a obedecer-lhe do modo como quer para que eu possa ser a pessoa que quer que eu seja. Sei que, para ter sucesso na vida, terei de fazer coisas que não estou a fim de fazer Ajude-me a ter uma boa atitude em relação a isso. Ajude-me a obedecer-lhe e a meus pais. Ajude-me a fazer todos os dias as coisas que não quero fazer Quero receber todas as bênçãos que tem para mim. Mostre-me se há alguma área em minha vida em que não estou fazendo a coisa certa. Faça-me lembrar disso quan­do eu pensar em fazer algo errado, para que eu possa confessá-lo e não fazer isso. É em nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor, as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são...____________________________________  

A palavra de Deus para mim  
          E recebemos dele tudo o que pedimos, por­que obedecemos aos seus mandamentos e fa­zemos o que lhe agrada.            1 João 3:22

7. Oro a Deus por tudo o que me preocupa


          As crianças preocupam-se com muitas coisas. Acho que hoje elas se preocupam mais do que antes. Isso acontece porque vêem muitas coisas assustadoras na televi­são, no cinema, nas revistas e na Internet. Acabam se preo­cupando com coisas com as quais somente os adultos deveriam se preocupar. Adiante, estão algumas das coisas com as quais a maioria das crianças se preocupa. Faça um círculo nos itens da lista com as quais você se preocupa e, depois, ore por elas.
          Eu gostaria que você nunca tivesse de se preocupar com nada. Você é muito jovem e deveria se preocupar em ser criança. Mas sei que você tem preocupações, pois todas as crianças têm. E por isso que quero ensiná-lo a colocar tudo o que o preocupa nas mãos de Deus e deixar que ele cuide. Para isso, você deve orar.
          Quando somos muito jovens e os problemas a nossa volta parecem muito grandes, sei que a oração parece não ser sufi­ciente para cuidar deles. Entretanto, você tem de se lembrar que nada é grande demais para Deus, e nada é impossível para ele. Por isso, não hesite em orar a Deus pelas coisas que o preocupam; ele pode cuidar delas.

Com o que as crianças mais se preocupam
• Morrer ou ser morta.
• Sofrer um acidente.
• Com a saúde.
• Com a segurança da família.
• Ir bem na escola.
• Ter amigos e ser amada.
• Com o divórcio dos pais.
• Com a segurança na escola.
• Fazer a coisa certa.
• Tirar boas notas.
• Com Satanás e seus planos.
• Com os problemas mundiais.
• Com a guerra.
• Com a segurança dos animais de estimação.
• Ter fé bastante firme em Deus.


Preocupe-se menos, ore mais
          A Bíblia diz que você "não deve andar ansioso de coisa algu­ma" (Fp 4:6). Isso significa que você não deve se preocupar. Em vez disso, ore por tudo. Deus promete que, se você orar por tudo e ter o coração agradecido, ele lhe dará paz.
          Não é maravilhoso quando alguém cumpre uma promes­sa que lhe fez? Quando essa pessoa diz que vai fazer algo por você e realmente faz. Ou quando ela promete lhe dar algo e se lembra de dar. Você não gosta dessa atitude?
          Quando as pessoas fazem uma promessa e não a cumprem nós nos de­sapontamos e ficamos magoados. Mas as pessoas não são per­feitas, elas se esquecem e às vezes prometem coisas que não podem cumprir.

Deus respondeu à minha oração
            No começo da terceira série, tive mononucleose. Fiquei doente por dois meses seguidos! Fiquei realmente mal, e minha mãe teve de dormir em meu quarto porque ela tinha medo de que minha garganta se fechasse por causa do inchaço. Então, minha vizinha apareceu e orou comigo. No dia seguinte, eu já estava menos doente e, por fim, voltei às aulas no final daquela semana. Foi um milagre!                          Claire (11 anos)

          Deus faz promessas para nós também, mas ele é perfeito. Ele sempre cumpre a promessa. As promessas dele para nós nun­ca falham. O lugar onde encontramos suas promessas para nós é em sua Palavra — a Bíblia. Sempre que lemos ou repe­timos uma de suas promessas, nós edificamos nossa fé.
          Deus prometeu-nos que, se orarmos pelas coisas em vez de nos preocuparmos com elas, ele nos dará paz (Fp 4:6,7). Você pode ter certeza de que ele cumprirá essa promessa.

Deus respondeu à minha oração
          Quando eu era pequena, meu avô ficou muito doente. Orei para que ele ficasse bom. Isso aconteceu há cinco anos; ele está bem e com quase 75 anos de idade!                Kaitlyn (12 anos)

Minha maior luta
          Quando minha família mudou para outro estado, minha filha tinha doze anos. Quando Amanda ingressou na nova escola, passou por uma fase difícil.
          Tudo era diferente: o modo como as pessoas falavam, se vestiam e agiam não eram iguais aos que ela estava acostumada. Foi o ano mais difícil da vida dela. Durante aquela fase, ela aprendeu a repetir várias vezes as seguintes palavras: "Tudo posso naquele que me for­talece" (Fp 4:13). Essa é uma promessa da Palavra de Deus de que ele nos fortalecerá quando sentirmos que não conse­guiremos vencer os tempos difíceis.
          Amanda ainda repete esse versículo várias vezes sempre que luta com alguma coisa. Ela diz que é o "versículo de sua vida" agora. Isso significa que ela vive dia após dia sa­bendo que essa promessa de Deus é uma verdade constante para ela.

Por que e por quem as crianças mais oram
• Ficar bem.
• Sentir-se e estar seguro.
• Para a família ficar bem.
• Ter bons amigos.
• Para a família permanecer unida.
• Por perdão.
• Por sabedoria, força e coragem.
• Falar de Deus para os outros.
• Ter um bom dia na escola.
• Para que as pessoas conheçam o Senhor.
• Agradecer a Deus por tudo o que ele me tem dado.
• Ir bem nos exames da escola.
• Pelo pai quando ele viaja.
• Por problemas mundiais como guerras e desastres.
• Por outras pessoas e amigos.
• Para se entender com a madrasta.
• Para que os líderes da nação saibam o que fazer.
• Por coisas que preocupam no dia.

          Sempre que os momentos forem difíceis e você sentir que não conseguirá fazer o que tem de ser feito, leia o versículo a seguir tantas vezes quanto forem necessárias. Ele lhe dará fé e força.
          Para ajudá-lo a se lembrar de Filipenses 4:13, pre­encha os espaços em branco a seguir.
          Recorra a ele toda vez que você estiver lutando com alguma coisa.

          Meu nome é _________________ e ____________ pos­so ________________ que  _____   ___________________

As crianças se preocupam com os animais de estimação
          As crianças adoram os animais de estimação. Eles são como amigos fiéis com os quais você sempre pode contar. Muitas vezes crianças temem que alguma coisa aconteça com seus animais porque eles não vivem tanto tempo como as pessoas. E por isso que é bom orar por eles; a oração não só ajuda a mantê-los sob proteção mas também a afastar suas preocu­pações com eles. Assim, você pode divertir-se com seus ani­mais e aproveitar a companhia deles sem ficar pensando o tempo todo o que pode acontecer a eles.

Deus respondeu a minha oração
          Um dia, meu hamster Wilbur ficou muito doente.. Acho que um dos outros hamsters o machucou. Ele era o meu favorito, e fiquei muito triste ao vê-lo incapaz de brincar e comer. Minha mãe, meu pai e eu oramos por ele. Depois da oração, mamãe me disse que, naquele momento, ele estava nas mãos de Deus, e que poderíamos confiar que Deus faria a coisa certa. No dia seguinte, Wilbur estava bem. Deus o curou.                      Christopher (7 anos)

          O fato de orar por seus animais não significa que nada acon­tecerá a eles. Os animais são diferentes de nós; eles não foram criados para viver por muito tempo. Quando você ora por seu animal de estimação, Deus prepara seu coração para o dia em que você não o terá mais. Ele o ajuda a entender que os animais estão nas mãos dele e que ele cuida deles também. Quando algo acontecer, você se sentirá mais em paz do que se não tivesse orado. Deus quer que você aproveite a compa­nhia de seus animais e cuide bem deles enquanto estiverem aqui e não se preocupe com eles o tempo todo.

Deus respondeu a minha oração
          Nossa cadela, Cassie, desenvolveu uma terrível doença. Antes de mamãe levá-la ao veterinário, oramos por ela. Quando peguei Cassie pela primeira vez, mamãe me disse que, um dia, ela morreria, porque os cães não vivem tanto tempo como as pessoas. Ela disse que deveríamos aprovei­tar enquanto a cadela estivesse aqui e depois nos confor­marmos em deixá-la partir quando chegasse a hora de sua morte.
          Oramos para que Cassie fosse curada, pois eu não estava preparada para deixá-la ir, mas ela não melhorou. Ela morreu em uma semana. Sei que Deus ouviu minhas ora­ções e respondeu a sua maneira, pois, depois da morte de Cassie, tive muitas lembranças felizes de quando ela estava conosco. Chorei, mas me recuperei. No Natal, compramos uma gata. Agora, oro por Chelsea como orava por Cassie.                                    Mandy (12 anos)
         

Com o que você se preocupa?
          Todas as pessoas se preocupam com algo em algum momen­to. É por isso que Deus teve de nos lembrar em sua Palavra dizendo que não deveríamos nos preocupar. Quais são algu­mas das coisas que preocupam você? Faça uma lista de seis coisas que o preocupam:

1_______________________________________
2_______________________________________
3_______________________________________
4_______________________________________
5_______________________________________
6_______________________________________

          A seguir, escreva uma oração pedindo a Deus que cuide dessas coisas e o ajude a parar de se preocupar com elas.
          Sempre que você perceber que está se preocupando com alguma coisa, pare e ore no mesmo instante. Lembre-se de que nada é impossível para Deus (Lc 1:37). Por isso, não importa a seriedade das coisas que o preocupam, Deus cui­dará delas por você. Se você ainda estiver preocupado, diga a sua mãe ou seu pai e peça a eles para orarem por você. Na verdade, deixe que os adultos se preocupem por você. Nós, na maioria, somos bons nisso.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor, sei que não quer que eu fique preocupado com nada, mas, às vezes, me preocupo. As três coisas com as quais eu mais me preocupo hoje são _______________ , ________________ e ________________.
          Agradeço por se preocupar com as coisas que me preocu­pam. Por favor; cuide dessas coisas para que eu possa ter paz no coração. É no nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são..____________________________________.

A palavra de Deus para mim
          Não andem ansiosos de coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de gra­ças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cris­to Jesus.              Filipenses 4:6,7

8. Converso com Deus sobre como é difícil esperar as respostas a minhas orações


          Você já percebeu que uma das coisas mais difíceis na oração é aguardar por uma resposta? Já senti isso tam­bém, acho que todos se sentem assim às vezes.
          Deus costuma responder nossas orações no mesmo ins­tante, mas, na maioria das vezes, ele leva mais tempo do que gostaríamos. Se temos de esperar muito, ficamos tris­tes, frustrados, nervosos, transtornados ou prestes a desistir. Mas temos de lembrar que devemos continuar a orar e confiar que Deus responderá, não importa quanto tempo leve.
          Há diferentes razões para nossas orações não serem res­pondidas imediatamente. Às vezes, isso acontece porque Deus quer que aprendamos a confiar mais nele. Por isso, ele deixa que esperemos para ver se nossa fé é grande o bastante para continuarmos a confiar nele, mesmo que não vejamos ainda as respostas.
          Às vezes, nossas orações são respondidas, mas a resposta é diferente do que esperamos. E, por isso, não reconhecemos as respostas para nossas próprias orações.
          É como se nossas orações não fossem respondidas, mas a verdade é que elas ainda não foram respondidas. O tempo de Deus é diferente do nosso. Queremos que as coisas aconte­çam agora, mas Deus leva o tempo de que ele precisa.
          Às vezes, oramos para que determinada coisa aconteça, mas não é da vontade de Deus fazer o que pedimos. Diga­mos, por exemplo, que você tenha orado para que seu amigo não vá embora, mas, mesmo assim, ele acaba se mudando. Pode ser que a vontade de Deus fosse que ele se mudasse para outro lugar porque a bênção maior para ele estivesse ali. Isso não significa que você orou errado. Você orou com o coração, mas a vontade de Deus para seu amigo era diferen­te. Pelo menos, você pode se sentir bem pelo fato de ter ora­do. E a oração sempre opera algo bom, mesmo que o resultado não seja o que você esperava.
          Você talvez esteja pensando: Bom, por que orar se não vai mudar a mente de Deus? Mas há coisas que Deus não fará na terra se não orarmos por elas. Nunca se sabe. Talvez você ore para que seu amigo não se mude e ele acabe não se mudan­do. A família dele iria se mudar, mas essa não era a vontade de Deus para eles e, por causa de sua oração, eles não se mu­daram. E por isso que você sempre precisa orar. Quando você ora por alguém, ajuda essa pessoa a ouvir a voz de Deus. E como abrir um canal de Deus para ela e, com isso, ela é capaz de receber melhor a direção de Deus.

Fazendo um diário de oração
          Uma das coisas que aprendi a fazer quando tinha dificulda­de para esperar a resposta de Deus às minhas orações foi meu próprio diário de oração. No topo de cada página escrevia uma oração. Deixava a página em branco da metade para baixo para que eu pudesse escrever a resposta à oração quan­do fosse respondida.
          Muitas vezes as orações foram respondidas no mesmo ins­tante, mas, em outras, esperei meses ou até um ano inteiro para ver algumas de minhas orações respondidas. Sempre que eu folheava as páginas do diário e via que uma de minhas orações não estava respondida, orava novamente. Ou, se ela não tivesse sido respondida do modo como eu pensava que seria, escrevia como Deus tivesse respondido àquela oração.
          Por exemplo, quando o avô de meu amigo ficou doente, orei para que ele melhorasse, mas não foi isso o que aconte­ceu. Ele morreu. Isso não significa que Deus não ouviu mi­nhas orações, significa que Deus queria levá-lo. Por isso, em meu diário de oração, da metade para baixo da página em que estava minha oração por ele, escrevi: "O avô de John vol­tou para casa junto de Jesus. Acredito que Deus pensou que o tempo dele na terra havia chegado ao fim, e todos que esta­vam no enterro sentiram o amor e a paz de Deus. Acho que foi assim que Deus respondeu as minhas orações".

Deus respondeu a minha oração
          Quando fiquei doente, pedi a Deus que me curasse. Ele não me curou naquele momento, mas respondeu a minha ora­ção. Por mais que eu quisesse que minha oração fosse res­pondida logo, Ele respondeu quando desejou.         
          Mandy (12 anos)

          Quando tenho dificuldade para esperar as respostas às mi­nhas orações, revejo meu diário de oração e me lembro do que Deus fez. O diário me ajuda a rever todas as orações que Deus já respondeu. Ele me faz lembrar de que Deus é fiel para ouvir minhas orações e lhes responder. Ele me ajuda a ter mais fé e paciência para esperar.
          Às vezes, relembro e vejo que Deus já respondeu a determinada oração e que não per­cebi, porque a resposta de Deus foi muito diferente daquela que imaginei que seria. Muitas páginas de meu diário estão cheias porque Deus já respondeu àquelas orações. Algumas páginas ainda estão pela metade porque ainda não vi a res­posta. Um dia, sei que meu diário ficará completo.
          Tente fazer seu diário de oração, isso o ajudará a esperar as respostas para suas orações.

Quando parece que Deus não ouve você
          Você já teve a sensação de que Deus não ouve suas orações? Já me senti assim algumas vezes. Mas a Bíblia diz que Deus sempre ouve nossas orações.
          O fato é que ele nem sempre res­ponde quando pensamos que responderá. Não é porque Deus ainda não respondeu as suas orações que ele não responderá ou não as ouviu. Ele simplesmente quer que você tenha fé para esperar a resposta.
          Às vezes, Deus respondeu às nossas orações de modo di­ferente daquilo que esperamos, por isso não reconhecemos as respostas. Ele já respondeu, mas nós não vemos isso. Então, às vezes, fazemos tantas orações que não percebe­mos o quanto Deus precisa fazer para responder a todas elas. Temos de dar o tempo de que ele precisa.

O que as crianças oram
          Querido Jesus, por favor, proteja-me, guie-me e guarde-me. Por favor, proteja minha família, meus amigos e professores. Por favor não deixe que eu tenha sonhos ruins. Por favor, perdoe meus pecados. Por favor; cure todos os doen­tes. Em nome de Jesus, amém.                  Sophia (8 anos)

O que posso fazer quando minhas orações não foram respondidas?
          Aqui estão quatro possíveis razões de nossas orações não te­rem sido respondidas e pelas quais podemos, de fato, fazer algo.

          1. Às vezes, nossas orações não foram respondidas porque precisamos pedir que Deus nos dê mais fé. Você sabia que pode orar a Deus e pedir a ele uma fé maior do que a que já tem? Uma possível razão para Deus não respon­der as suas orações pode ser que queira que você aprenda a ter fé mais sólida.
          Todas as pessoas têm de depositar a fé em algo, e Deus é mais confiável do que qualquer outra coisa em que colocamos nossa fé. Algumas vezes, ele não responde as nossas orações para verificar se de fato acreditamos no que ele diz sobre ouvir nossas orações e responder a elas. Ele quer que confiemos em sua palavra, não im­porta o tempo que leve para responder.
          Lembre-se de que com a presença de Deus está o poder dele. E o poder de Deus que nos ajuda a vencer qualquer problema que enfrentemos. Você e eu não somos bastante fortes para fazer que as coisas que pre­cisam acontecer em nossa vida aconteçam, mas o poder de Deus é. Quando oramos e pedimos a Deus para aju­dar-nos, e temos fé de que ele tem o poder para isso, ele pode operar por meio de nossas orações e, com isso, grandes coisas podem acontecer.
          Deus não é como um santo Papai Noel que lhe dá o que você pede quando lhe entrega uma lista de coi­sas que deseja ganhar. Ele quer mais do que uma sim­ples lista, quer seu coração. Ele não quer que você simplesmente ligue para ele e deixe uma mensagem na secretária eletrônica, quer um relacionamento com você. Ele quer conversar com você e ouvir o que pensa sobre tudo o que está acontecendo em sua vida. Por mais que ele saiba e veja tudo, ainda quer ouvir isso de você. É preciso fé para compartilhar tudo com Deus.

          2. Algumas vezes, nossas orações não foram respondidas por­que primeiro temos de perdoar alguém. Deus não gosta quando não perdoamos as pessoas. Por isso, enquanto você estiver esperando uma resposta de Deus para suas orações, pergunte a ele se há alguém que você precisa perdoar. Se houver, ele lhe trará à mente essa pessoa e o que aconteceu. Mesmo que seja alguém que você já perdoou, perdoe-a novamente. A falta de perdão às ve­zes pode estar escondida em nosso coração, e precisa­mos arrancá-la de lá.

          3. Às vezes, nossas orações não foram respondidas porque de alguma forma não estamos obedecendo a Deus. Você tal­vez esteja fazendo algo que não honra a Deus. Por exem­plo, desobedecer aos pais. Deus não gosta que você desobedeça a seus pais. Isso fere um dos mandamentos divinos. Ele pode deixar de responder as suas orações até que você pare de desobedecer e lhe confesse sua de­sobediência como pecado.

          4. Algumas vezes, nossas orações não foram respondidas por­que não somos pacientes para esperar o tempo de Deus. Sempre queremos que as respostas para nossas orações sejam imediatas. Pensamos: Se Deus pode fazer qual­quer coisa, então pode responder as minhas orações neste exato momento. Mas ele não opera assim. Deus tem de fazer muitas coisas antes de responder as nossas ora­ções. Às vezes, nossas orações podem levar dias, sema­nas, meses ou até anos para ser respondidas. Isso não significa que elas se perderam no céu ou que Deus não as considera importantes, significa simplesmente que algumas coisas levam tempo.

Deus respondeu a minha oração
          Quando eu tinha cinco anos, pedi a Deus que me desse uma irmãzinha, e ele respondeu à minha oração. Levou um tempo, mas ganhei uma linda irmãzinha, ainda que o médico dissesse ser impossível.      Landrie (10 anos)

          Deus quer que você seja totalmente honesto com ele sobre tudo o que se passa em seu coração. Se você está preocupado, nervoso ou frustrado, ele quer que você diga isso para ele. Se você demora muito para ver respostas para suas orações, e acaba ficando desanimado, precisa dizer isso a ele também. Não desista. Continue a orar e confiar, porque Deus sabe o que é melhor. Afinal, ele é Deus.
          Você já teve medo de orar por alguém porque pensou: E se Deus não responder a minha oração? Bom, você não pre­cisa se preocupar com isso. Cabe a você orar, e cabe a Deus responder. Você só precisa cumprir sua parte e deixar que Deus cumpra a dele
.
Minha oração a Deus
          Querido Senhor, obrigado por me ouvir quando oro. Obriga­do por ser um bom Deus e sempre responder as minhas orações. Confio no Senhor e creio que sua resposta será a certa no tempo certo. Sei que me ama e deseja somente o melhor para mim. Ajude-me a não desanimar nem perder a fé quando eu não vir uma resposta imediata para minhas ora­ções. Ajude-me a ter uma fé mais sólida e a não duvidar Mos­tre-me se não lhe estou obedecendo em alguma coisa. Mostre-me se há alguém que preciso perdoar É no nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são... ____________________________________________ 

A palavra de Deus para mim
          Peça-a, porém, com fé, sem duvidar; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, leva­da e agitada pelo vento.              Tiago 1:6

9. Agradeço a Deus por todas as bênçãos recebidas


          Você não adora ganhar presentes? Não é divertido abrir um presente no aniversário ou no Natal, ou numa ocasião especial, e ver o que está lá dentro? Sua mãe e seu pai, seus familiares ou seus melhores amigos podem dar presen­tes maravilhosos para você, mas os melhores presentes de to­dos são os que Deus lhe dá. Ele lhe dá presentes todos os dias.
           Todas as pessoas gostam de ouvir um agradecimento pe­los presentes que dão. Quando você não agradece às pessoas, elas acham que não gostou do presente que lhe deram, não levou em conta a consideração que têm por você ou que você não gosta delas. Isso faz com que elas não tenham mais von­tade de presentear.
          Deus é assim também. Ele gosta de ser agradecido por seus presentes. Quando você não agradece a Deus, sua falta de gra­tidão o entristece, pois é como se você não gostasse dele ou do que ele fez por você. Deus quer que você goste dos presen­tes dele, mas, mais do que isso, ele quer que você goste dele. Sempre que você agradece a Deus o que ele é e o que ele fez, e tudo o que ele lhe tem dado, isso o deixa feliz. É por isso que você precisa agradecer sempre a Deus tudo o que ele é para você e tudo o que ele tem feito por você. Você pode até lhe agradecer tudo o que ele vai fazer por você no futuro.
          Ter esse tipo de gratidão e expressá-la de modo sincero a Deus é o que chamamos de louvor e adoração. A única pes­soa que devemos adorar em nossa vida é Deus. Só Deus me­rece toda a nossa adoração e louvor. E merece nosso louvor o tempo todo, não importa o que esteja acontecendo.

Grandes coisas acontecem quando louvamos a Deus
          Você sabe o que é um funil? E um utensílio de plástico ou metal que se assemelha a uma casquinha de sorvete. Você pode despejar algo lá no fundo até a boca, e o que despejou  passará pelo buraco lá de baixo. Já vazou sorvete pela ponta lá de baixo da casquinha que estava comendo? E assim que um funil funciona, só que de propósito.
          Precisamos de funis para que possamos despejar algo de um recipiente grande para outro menor sem que isso escorra ou derrame. E exatamente assim que o louvor funciona em nossa vida, como um funil. Quando rendemos louvor a Deus, é como se levantássemos as mãos para o céu e formássemos um funil. E Deus, que é muito grande e têm tanta coisa, der­rama grandes bênçãos em nós, que somos pequenos e que podemos receber aquele tanto.
          Louvar a Deus não tem a ver com ganhar presentes dele, tem a ver com agradecer-lhe os presentes que ele já nos deu. É adorá-lo pela pessoa que ele é e por tudo o que ele fez. Mas Deus é tão bom que nos abençoa com aquilo que é ele. Toda vez que louvamos a Deus, nosso louvor é como um funil, e Deus nos dá coisas boas, bênçãos. Não é incrível?

Quando as crianças oram
          Querido Senhor sou grata por minha mãe, meu pai, minha irmã, meu irmão, meus brinquedos e minha saúde. Sou grata porque me colocou nesta terra. Sou grata por meus amigos e por ter uma boa casa. Ah, e mais uma coisa. Sou grata por seu Filho que morreu na cruz por nós. Sou grata porque é meu Pai. Como eu o amo, Deus. Eu o amo muito, muito mes­mo. Eu o amo mais do que qualquer coisa na terra. O Senhor é grande. Eu o amo como meu Pai grandioso. Ninguém é mais amado do que o Senhor Gosto de tudo o que é de Deus. Não há nada do que eu não goste.                  Sophia (8 anos)

O que Deus derrama em nós?
          Quando louvamos a Deus, ele derrama de si mesmo em nós. Ele derrama seu amor, sua paz, sua alegria, sua provisão, sua proteção, seu poder, sua liberdade, sua verdade, e tudo o que ele tem para nos dar que possamos receber.
          Se orar é comunicar-se com Deus, então o louvor é a forma mais pura de comunicação. E pura porque tem tudo a ver com Deus. Nosso foco está totalmente em Deus e na pessoa que ele é. Nesses momentos, não estamos pensando em nós mesmos e no que nós queremos, estamos pensando em Deus e no que ele quer. Mas, uma vez que Deus sabe do que preci­samos, ele derramará esses aspectos de si mesmo em nós.
          É por isso que, quando você precisar mais de Deus em sua vida — por exemplo, de mais amor, paz, presença ou poder —, vá até ele e o louve. Passe um tempo em adoração a Deus, agradecendo-lhe tudo de que você puder se lembrar. Então, ele derramará as coisas de que você precisa em sua vida. Você não pensa no que está recebendo; você pensa no quanto ama a Deus e na razão por que quer agradecer a ele.
          Quando você adorar a Deus, ele lhe amolecerá o coração. Ele lhe dará um sentido maior do amor que ele tem por você, fará com que você esteja mais aberto a receber tudo o que ele tem para você. Ele deixará sua mente mais clara, refrigerará e fortalecerá você. Ele aumentará sua fé e lhe dará paz, ele o colocará acima das coisas da vida que o aborrecem. Ele aju­dará você a entender quem ele o criou para ser.

A maioria das crianças agradece a Deus
• Pela mãe e pelo pai.
• Pela salvação de Jesus.
• Pelo alimento.
• Pelos familiares.
• Pelos amigos.
• Pela casa.
• Pelos animais de estimação.
• Pela igreja.
• Pelo Natal.
• Pela professora favorita.
• Pelo mar e pelas praias.

Pelo que você agradece a Deus?
          Faça uma lista de dez coisas pelas quais você mais agradece a Deus:
1_______________________________________
2_______________________________________
3______________________________________
4______________________________________
5______________________________________
6______________________________________
7______________________________________
8______________________________________
9______________________________________
10_____________________________________

          Acrescente itens a essa lista sempre que se lembrar de al­guma razão para agradecer a Deus.
          Ter um coração grato e agradecido a Deus é o que ele de­seja para sua vida. Adorar e louvar a Deus são atitudes que o ajudam a crescer em seu relacionamento com Deus. Você terá uma atitude melhor para com a vida e as outras pessoas. Nada mudará mais rápido sua atitude e sua vida do que lou­var a Deus, e isso acontece no momento em que você está louvando.

Por que devemos louvar a Deus mesmo quando as coisas saem errado?
          Parece esquisito louvar e agradecer a Deus quando as coisas saem errado, não é? Mas o fato é que essa é o melhor que você pode fazer. Quando você louva a Deus durante os mo­mentos difíceis significa que está dizendo: Deus é bom mesmo quando as coisas em minha vida estão ruins. Deus é grande mesmo quando minha vida não é tão maravilhosa neste momento. Deus é poderoso mesmo que eu me sinta impotente. Como é Deus quem cuida de minha vida, o bem virá à tona nesta coisa ruim que aconteceu. Por isso, não importa o que aconteça, prefiro louvar a Deus.
          Quando você tem esse tipo de atitude, mesmo em meio a momentos difíceis, não há nada que Deus não possa fazer em sua vida.
          Aqui está uma tarefa importante que tenho para você. Experimente e veja o que acontece. Toda vez que algo ruim ou preocupante acontecer com você, repita as seguintes pala­vras de louvor e ação de graças a Deus.

          Senhor eu lhe agradeço em meio a esta situação. O Senhor é santo e maravilhoso. É Todo-Poderoso, e nada lhe é difícil demais. É o Criador de todas as coisas e o Rei do universo. Eu o louvo, adoro e dou graças por tudo o que é e tudo o que me tem dado. Eu o amo. É um bom Deus, e eu lhe agradeço por transformar em bem tudo o que acontecer em minha vida. Obrigado por ser maior do que qualquer coisa que eu venha enfrentar

          Você também pode incluir outras palavras de louvor e adora­ção de que se lembrar. Continue a louvar a Deus assim todos os dias, e veja o que Deus operará em você e em sua vida. Veja se as coisas não mudarão para melhor.
          As coisas mudam quando você louva a Deus porque ele habita no meio dos louvores de seu povo; assim ele diz em sua palavra (Sl 22:3). Isso significa que Deus entra em nossa vida de um modo maravilhoso quando o louvamos. Por isso, toda vez que você disser palavras de louvor a Deus, a presen­ça dele se fará com você de um modo mais poderoso que antes. E, na presença de Deus, as coisas mudam. Sempre!
          Sua atitude, seu coração, seus sentimentos mudam. A sua situação muda, e as mudanças sempre são para melhor. A vida fica melhor toda vez que você louva a Deus.

Deus quer que você o ame
          Os pais adoram oferecer coisas boas aos filhos. Seus pais gos­tam de oferecer coisas boas para você comer, uma boa casa para você morar e a melhor vida que puderem dar a você. Eles querem protegê-lo e ajudá-lo a aprender coisas, que­rem cuidar de você se estiver doente e orientá-lo para que tome a direção certa na vida. Eles fazem tudo isso porque o amam, mas não querem que você os procure quando qui­ser dinheiro ou coisas. Por mais que eles gostem de oferecer essas coisas para você, esperam que queira estar com eles pelo simples fato de amá-los.
          É assim também com Deus. Ele quer que você vá até ele porque o ama e quer estar com ele. Ele quer que você lhe diga o quanto o considera grande e o quanto é grato por tudo o que ele tem feito por você. Quando você diz para Deus o quanto você o ama, ele derrama seu amor em você, e isso faz com que você se sinta realmente bem.

O que as crianças mais agradecem a Deus
• Por estar sempre perto de nós.
• Por nos proteger.
• Por curar as pessoas.
• Por nos amar, independentemente das circunstâncias.
• Por responder às orações.
• Por nos consolar nos momentos de tristeza.
• Por ser nosso amigo.
• Por ser real.
• Por nunca nos abandonar.
• Por ter um propósito para nossa vida.

Minha oração a Deus
          Querido Senhor eu o louvo pela pessoa que é. É meu Cria­dor, meu Salvador aquele que me cura, minha paz, meu Se­nhor meu Pai, meu amigo, meu provedor meu protetor minha luz, meu Consolador meu esconderijo, meu Consolador e minha esperança. Eu o adoro porque é maior do que qual­quer pessoa ou qualquer coisa no universo.
          Graças lhe dou por sua paz, seu amor sua verdade, sua mansidão e sua bondade. Obrigado por enviar Jesus para me salvar Obri­gado, Jesus, por ter vindo e morrido por mim. Obrigado, Es­pírito Santo, por me ensinar me consolar e me ajudar em tudo o que faço. Obrigado, Senhor por sua força e seu poder Eu o adoro e lhe agradeço por ser o Deus de amor e por me amar Eu o amo também. É em nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de lhe agradecer hoje são...______________________________________  

A palavra de Deus para mim
          Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.                        l Tessalonicenses 5:18

10. Converso com Deus sobre meu futuro e meu propósito


          Você sabia que Deus tem um propósito importante para sua vida? Você sabia que ele o criou para fazer algo especial? Você sabia que ele pôs talentos e dons especiais em você por essas razões? Bom, é verdade. Você tem habili­dades especiais que talvez não possa ver ainda, e Deus vai usá-las para os propósitos e o reino dele nesta terra.
          Não importa se você vê seus dons neste exato momento e se alguém os também. Deus os vê, e ele os fará vir à tona em você. Eles serão revelados cada vez mais à medida que o tem­po passar.
          Se as crianças não entendem que têm um propósito im­portante, quando se tornam adolescentes, saem por aí, se me­tem em confusão e não usam com inteligência seu tempo.
          Se não percebem que foram criadas para ser importantes, tentam ser como outra pessoa, tentam ser algo que não são. Elas se criticam se não estiverem de acordo com algum pa­drão que estabeleceram para si mesmas.
          Saem por aí com a impressão de que não são tão boas quanto as outras pessoas, e isso as deixam inseguras e ex­tremamente sensíveis. Elas constantemente precisam se concentrar em si mesmas e no que pensam que deveriam ser, em vez de agradecerem por ser a pessoa que Deus criou. Elas fazem más escolhas porque não percebem que foram criadas para cumprir algo maravilhoso.
          Deus não quer isso para você. Ele quer que você tenha uma visão clara da pessoa que ele o criou para ser, quer que você saiba quais são seus dons e talentos e como desenvolvê-los.
          Isso não significa que você conhecerá todos eles hoje, na próxima semana, no próximo ano ou daqui a cinco anos. Mas, quanto mais rápido você começar a orar para isso, mais rápi­do terá alguma noção de seu propósito e de quais são seus dons e habilidades.

O que as crianças oram
          Querido Senhor, às vezes parece que todos têm um talento ou dom, menos eu. Não vejo nada em que eu seja boa. O Senhor poderia me mostrar quais são meus dons e me aju­dar a ser realmente boa em alguma coisa?
Jessica (11 anos)

Como reconhecer seus dons e talentos
          Você ainda é muito pequeno e, a cada dia, está se desenvol­vendo como pessoa. Todos os seus dons e talentos não serão de todo revelados nos anos que estão por vir, por isso não fique impaciente.
          Seus talentos e dons já estão aí dentro de você, só precisa de tempo para revelá-los e desenvolvê-los.
          Veja algumas formas de começar a identificar quais são seus dons e talentos. Responda às quatro perguntas e veja o que as respostas mostram.

1.  As pessoas elogiam você com freqüência por alguma coisa que foi bem feita?  
          Pode ser alguma coisa que você faz ou é ou como você se mostra ou age. Quando as pessoas o elogiarem, preste atenção nisso. Significa que você tem talento para alguma coi­sa. Não importa o que seja. Pode ser algo simples, como ser uma pessoa boa, responsável, prestativa ou organi­zada. Seja o que for, nem todos têm essas habilidades. Alguém que tenha uma personalidade agradável, e que seja responsável, prestativo e organizado pode ser usa­do poderosamente por Deus de muitas formas.
          Pergunte a Deus se alguma das coisas pelas quais as pessoas já elogiaram você é algo que ele quer usar para a glória dele. Peça a ele para mostrar-lhe se você precisa trabalhá-la e desenvolvê-la no futuro. Quando você re­cebe uma resposta positiva das pessoas por alguma coisa que pode fazer, provavelmente é um sinal de que esse é um de seus dons.
          Faça uma lista de quatro coisas pelas quais já rece­beu um elogio. Peça a Deus para mostrar-lhe como ele poderia usar essas coisas para a glória dele.
1_______________________________________
2_______________________________________
3_______________________________________
4_______________________________________

2.  Há algo que você gosta de fazer, independentemente de ganhar algo por isso?
          É as­sim que me sinto quando escrevo. Adoro escrever.
          Prefiro escrever a fazer qualquer outra coisa na terra. Eu costumava escrever em todo lugar aonde ia. Escrevi desde o momento em que segurei um lápis e soube soletrar algumas palavras. Sempre vou querer escre­ver, e escreveria mesmo que ninguém me pagasse para isso. (Não conte isso para meu editor. Ele não precisa saber.)
          Você fará bem tudo o que gosta de fazer. Você inves­tirá todo o seu tempo e energia nisso, além de poder fazê-lo.
          Faça uma lista de oito coisas que você adora fazer. Peça a Deus para mostrar-lhe como ele poderia usar isso para os propósitos dele:
1_______________________________________
2_______________________________________
3_______________________________________
4_______________________________________
5_______________________________________
6_______________________________________
7_______________________________________
8_______________________________________

3. Há algo que você faz e em que parece destacar-se?
          Você não precisa necessariamente gostar de fazê-la, mas é algo em que você sempre parece obter bons resultados. Pode ser da matemática, esportes, culinária à jardinagem, de consertar e limpar, desmontar e montar, lembrar de coi­sas, memorizar a ler bem.
          Faça uma lista de seis coisas que você faz bem. Seja generoso consigo mesmo. Escreva qualquer coisa, mes­mo que você não considere uma grande coisa ou im­portante. Você nunca sabe como Deus poderá usar esse talento para o reino dele.
1_______________________________________
2_______________________________________
3_______________________________________
4_______________________________________
5_______________________________________
6_______________________________________

4. Deus lhe colocou algo no coração que ele quer que você faça algum dia?
          Às vezes você terá um sonho seu coração de algo que gostaria de fazer quando cres­cesse. Peça a Deus para mostrar-lhe se esse sonho é dele ou não. Se for dele, ele se cumprirá. Se não for, talvez não passe de um sonho divertido para ter agora.
          Meu filho costumava sonhar que projetaria montanhas-russas quando crescesse. Christopher também tinha um grande talento para a música. Deus quis que ele usasse seu talento musical, por isso é musicista, com­positor e produtor musical. Deus deu a Christopher o dom da música para ser usado para a glória divina. As idéias dele sobre montanhas-russas não passaram de um passatempo e de algo para sonhar. Isso ajuda a reco­nhecer a diferença. Dessa forma, você não leva adiante durante anos o que não acabará fazendo.
          Para descobrir isso, pergunte a Deus o que ele quer que você faça quando crescer. Você não precisa ter a resposta de imediato, mas é bom perguntar agora. As­sim, quando chegar o tempo de tomar algumas deci­sões na vida, você poderá tomar boas decisões. Você não deve se preocupar com isso, trata-se apenas de algo do qual você deve estar ciente. Deus fala ao coração das crianças sobre seu propósito e plano para a vida delas, e quanto antes você começar a ouvi-lo, melhor.

Deus respondeu a minha oração
          Orei para que o Senhor me ajudasse a ser capaz de ela­borar um trabalho realmente bom para minha aula de artes. Era um desenho grande, e exigiu muito trabalho, mas pude usar meu talento como artista. Recebi um "10", e a profes­sora escreveu "excelente" no trabalho. Ela disse que sou muito bom em desenho e pintura. Espero que eu possa me­lhorar nisso e talvez usá-lo no trabalho que farei algum dia.             Jonathan (11 anos)

Deus criou você para fazer coisas grandes para ele
          Deus criou você para um propósito especial. Isso significa que ele tem em mente algo especial para você cumprir. Ele diz que não sabemos o quanto é maravilhoso o futuro que ele tem para nós. Ele diz que você nem pode imaginar como será fantástico seu futuro (l Co 2:9).
          Deus chamou você para fazer grandes coisas. Você talvez não saiba ainda quais são elas, mas, se for sensível ao que o Espírito Santo falará a seu coração quando você orar a Deus, ele o guiará no caminho que ele tem para você.
          Deus diz que, se você se humilhar debaixo da poderosa mão de Deus, ele o exaltará no devido tempo (l Pe 5:6). Isso significa que, se você agradecer seus dons e sempre re­conhecer que seus talentos são dons de Deus e nunca se en­vaidecer deles, ele o exaltará e você será, um dia, reconhecido por suas habilidades. As outras pessoas verão seus dons e vão apreciá-los.
          Deus também diz que ele quer usar você e seus dons, ta­lentos e habilidades para ajudar outras pessoas. Este é um de seus principais objetivos na terra. Ele lhe mostrará como e quando fazer isso. Enquanto isso, ajudar os outros e ser bon­doso e amoroso com eles sempre agrada a Deus. Se você pode usar seus dons para ajudar os outros agora, há algo melhor a fazer?
          Lembre-se de permanecer junto a Deus, conversando com ele todos os dias em oração. Ele o ajudará a fazer aquilo que você precisa fazer e vai levá-lo aonde precisa ir.

Minha oração a Deus
          Querido Deus, obrigado porque o Senhor tem um grande propósito e plano para minha vida. Obrigado pelo dom e ta­lento de que preciso para ver seu plano se cumprir Obrigado porque não preciso fazer as coisas acontecer. Só tenho de confiar no Senhor para que elas aconteçam. Mostre-me como desenvolver esses dons e talentos. Ajude-me a me destacar nas coisas que quer que eu faça. Coloco meu futuro em suas mãos e peço que o abençoe. É em nome de Jesus que oro.
          Querido Senhor as outras coisas pelas quais eu gostaria de orar hoje são...___________________________________________ 

A palavra de Deus para mim
          Porque sou eu que conheço os planos que te­nho para vocês, diz o SENHOR, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ou­virei. Vocês me procurarão e me acharão quan­do me procurarem de todo o coração.                                              Jeremias 29:11-13

Meu diário de oração


          No início do livro, comentei sobre fazer seu diário de oração. Pensei em colocar um pequeno diário aqui no final deste livro para você começar.
          Espero que goste de compartilhar suas orações com Deus e escrever as respostas dele. Se você tiver de esperar um pou­co pelas respostas, não se preocupe. Ele o ouve no momento em que você ora, ainda que a resposta não seja imediata. Deus adora quando você compartilha seu coração com ele.


Data: _____/______/_____
Minha oração a Deus
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

Data: _____/______/_____
Como Deus respondeu à minha oração
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________


Caro leitor
Desejamos que este livro tenha correspondido às suas expectativas.
Para continuar a atendê-lo sempre melhor, compartilhe suas impressões de leitura desta obra escrevendo para: opiniao-do-leitor@mundocristao.com.br
Cadastre-se para receber nossos informativos no site: www.mundocristao.com.br
Acesse nosso blog:  www.mundocristao.com.br/blog

Editora Mundo Cristão
Rua Antônio Carlos Tacconi, 79
04810-020 - São Paulo, SP


Um comentário:

E e J disse...

Leia este livro ele é fantástico...
Abençoador