Daily Calendar

Total de visualizações de página

Ocorreu um erro neste gadget

Wic Wac Woe

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

MaxLucado








livro, Sem medo de viver, Max Lucado

“Foram os brasileiros que me ensinaram a beleza de uma bênção.”
Max Lucado



Experimente ler um livro de Max Lucado e você terá a sensação de que o conhece pessoalmente. E é exatamente dessa forma que ele escreve: como você gostaria de ler. Como um amigo, ele dispensa qualquer título, prefere simplesmente que o chamem de Max.

Max Lucado vem conquistado e emocionado cada vez mais pessoas em quase 25 anos de carreira literária. Já foram vendidos mais de 65 milhões de títulos, 1,5 milhão só no Brasil, em vários segmentos: livros adultos e infantis, gift books, Bíblias, devocionais, animações e filmes.

Porém, o jovem Max Lucado nunca pensou em ser escritor. Ele só estudou na Abilene Christian University porque era a única universidade que seus pais podiam pagar. E foi durante as aulas obrigatórias sobre a vida de Jesus que Max despertou para o mundo dos livros.

Em 1981, Max escrevia para o boletim de sua igreja em Miami. Já casado, veio para o Brasil como missionário e aprendeu a falar português. Nessa época, reuniu todos os textos que escreveu para a igreja e apresentou-os a 14 editoras. Nenhuma delas acreditou em seu talento. Porém, a 15ª disse “sim”, e, em 1985, lançou seu primeiro livro, On the Anvil.

Desde então, Max Lucado já publicou mais de 70 títulos. Suas obras se destacam nas mais importantes listas de best-sellers mundiais, incluindo Publishers Weekly, USA Today e The New York Times.

Entre os dias 19 e 28 de julho, Max Lucado, o maior escritor de livros inspiracionais do mundo, esteve no país para lançar, primeiramente no Brasil e em setembro no resto do mundo, seu livro Sem medo de viver. Diversos eventos acontecerão em seis cidades brasileiras: São Paulo, Campinas, Brasília, Rio de Janeiro, Vitória e Curitiba. Max Lucado passou por todas essas cidades para levar uma mensagem de amor e paz por um Brasil com menos medo e mais fé.

No dia 26 de julho Max Lucado esteve na quadra da Estação Primeira de Mangueira, a mais amada escola de samba carioca. Neste dia se apresentarão as crianças da Orquestra de Violinos do Centro Cultural Cartola, a bateria da escola de samba Sou + Especial e um coral gospel acompanhado pela bateria da Mangueira. Fernandinho e banda farão uma participação especial.

Max Lucado também marcou presença em sessões de autógrafos em livrarias. No dia 20 de julho, esteve na Livraria Saraiva do Shopping Ibirapuera, em São Paulo, a partir das 19h30, onde além de deu autógrafos fez um bate-papo com o jornalista Sérgio Pavarini. E no dia 25 de julho foi a vez da filial carioca da Fnac receber o escritor best-seller. Às 14h, ele esteve na loja do BarraShopping, onde conversou sobre “O Medo da Violência Urbana” com o publicitário Lula Vieira.

Ao lançar mundialmente — e em primeira-mão no Brasil — seu mais destemido livro, Sem medo de viver, Max Lucado toca fundo em nosso medroso inconsciente moderno. O livro trata do sentimento que está estampado em todas as manchetes de jornais, que assombra todos os corações humanos: o medo. Crise econômica, terrorismo, guerras, doenças, fome e miséria. Como podemos lidar com tantos desafios em um tempo de inquietação global?

De forma corajosa, Max Lucado define os treze medos mais comuns de um mundo em crise que precisa desesperadamente aumentar sua fé no futuro. Podemos identificar um, dois, três ou todos os medos em nossa vida: medo de perder nossos filhos, medo de morrer, medo de uma epidemia global, medo de um acidente grave, apenas citando alguns (conheça os treze medos adiante). Porém, acreditando que tudo isso pode ser vencido, Lucado nos encoraja a viver com menos medo e mais fé.

Neste livro, o autor não se apresenta como um pastor “todo-poderoso” que detém todas as respostas, mas como um homem humilde, compartilhando as experiências que o ajudaram a vencer seus temores. Ele abre seu coração e revela a recente dor com a morte do irmão mais velho e seus pensamentos antes de uma cirurgia de coração pela qual passou.

Sem medo de viver é Max Lucado em seu melhor momento. Por meio de histórias atuais e intrigantes, o autor apresenta um ponto de vista mais humano sobre o mundo que nos cerca, sem deixar de lado seu jeito amigável de recontar as histórias bíblicas. Trata-se de uma leitura recomendada para todos que estão encarando desafios, mudanças, insegurança ou algo totalmente desconhecido. Em outras palavras, é um livro para qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo.


Conheça os treze medos descritos por Max Lucado em Sem medo de viver:
Medo de não ser importante
Medo de desapontar Deus
Medo da escassez
Medo de não proteger meus filhos
Medo de desafios arrebatadores
Medo das piores hipóteses
Medo da violência
Medo do próximo inverno
Medo dos momentos finais da vida
Medo do que vem por aí
Medo de que Deus não exista
Medo das calamidades globais
Medo de Deus sair da minha caixa.

Um comentário:

E e J disse...

Este livro e todos os outros são
maravilhosos...
Os livros infantis e filmes também...